Hacker invade sistema de informações do Inca e prejudica pacientes

Instabilidade no seu sistema começou no sábado, levando à suspensão temporária de marcações de exames e do funcionamento do setor de radioterapia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Inca da Praça da Cruz Vermelha - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

O sistema de informações do Instituto Nacional de Câncer (Inca) foi vítima de um ataque cibernético criminoso, segundo informações repassadas pela instituição nesta segunda-feira (29). Segundo o Inca, a instabilidade no seu sistema começou no sábado (27), levando à suspensão temporária de marcações de exames e do funcionamento do setor de radioterapia.

Os programas de segurança interna do sistema foram ativados imediatamente, para a proteção dos dados da instituição. A medida prejudicou pacientes que procuraram as quatro unidades do Inca para atendimento. Apesar do transtorno, as consultas agendadas para esta segunda-feira aconteceram normalmente.

“Neste momento, toda a equipe de Tecnologia está concentrada em resolver o problema, trabalhando no processo de recuperação do ambiente e revisando todos os pontos possíveis para que o Instituto volte à sua normalidade”, adiantou o Instituto por meio de nota.

De acordo com Inca, todas as consultas agendadas foram realizadas, com os médicos fazendo anotações manuais. As receitas também foram passadas manualmente. A instituição informou que internações, cirurgias, quimioterapias foram realizadas normalmente. O CTI também manteve o seu funcionamento normal. Os agendamentos dos próximos dias estão mantidos.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Segundo o jornal O DIA, uma residente de oncologia teria afirmado que o ataque criminoso gerou transtornos aos pacientes com consultas marcadas para esta segunda-feira: “Enquanto remarcavam os pacientes, eu estava me virando para atender, fazendo o impossível para não mandar ninguém para casa, sem o mínimo de atendimento”.

A Polícia Federal foi procurada pelo jornal, mas não informou se investigaria o caso.

Informações: O DIA

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Hacker invade sistema de informações do Inca e prejudica pacientes

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui