Festival Halleluya Rio encanta Terreirão do Samba com entrada gratuita

Praça Onze recebe maior festival de música católica da América Latina

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
MSH no Halleluya 2023 foto de Alvaro Tallarico
MSH no Terreirão do Samba (foto: Alvaro Tallarico)

Sábado de Halleluya. No Terreirão do Samba, acontece o maior festival de música católica da América Latina, o Halleluya Rio, nos dias 20 e 21 de maio de 2023. Ali naquele espaço marcante para o samba, ritmo tão carioca, tão brasileiro, abrem-se as portas para outros estilos musicais. Não por acaso o primeiro show foi da banda Sinal D’Paz, que mistura samba, pagode, funk, rap, e mais.

Em seguida, Cosme, um verdadeiro representante do Ministério da Alegria. Com um show que lembra uma micareta diversas vezes, com todos pulando juntos sob o comando do cantor, que se diz mais um, digamos, animador. O homem é nascido e criado no Rio de Janeiro e se coloca como um exemplo de resgate pela misericórdia divina. Afinal, já foi parte do mundo das drogas na Cidade Alta, e cresceu em meio ao tráfico. Atualmente, espalha palavras de fé de um jeito bem único.

Ao redor, barraca de pizza, livraria, café, e nada de fome! Logo após a vibrante apresentação de Cosme, um intervalo, e, vem o Missionário Shalom, grupo focado em danças e bem naquela vibração de Renovação Carismática. É uma coisa realmente impressionante ver todo mundo pulando, entre jovens, adultos, freiras e franciscanos.

MSH no Halleluya 2023 em foto de Alvaro Tallarico
MSH no palco e as freiras curtindo no asfalto (foto: Alvaro Tallarico)

Então chegou a hora do momento devocional do Halleluya Rio, com a adoração ao Santíssimo. Foram muitos instantes de fé, pessoas de joelhos contemplando e rezando. O ponto alto da noite cristã.

Advertisement

Contudo, por fim, veio a banda que já tem 35 anos de história cantando muito rock. Um espetáculo redondo com um belo show de luzes e um eficiente uso do telão com imagens de clipes e interação com o grupo. Foram vários sucessos com os espectadores ovacionando. Teve mais que “Apenas Uma Canção de Amor”.

No domingo, dia 21, segue o Halleluya Rio às 15h com missa de Dom Orani, seguida por Dj Roony Moura e show da Olívia Ferreira, a “Chama Viva”. A entrada? Gratuita! Mas, de preferência, com um quilo de alimento não perecível para fortalecer os que precisam.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Festival Halleluya Rio encanta Terreirão do Samba com entrada gratuita
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Festival Halleluya Rio encanta Terreirão do Samba com entrada gratuita
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui