Herói inesperado, Dorival Junior busca a coroação no Flamengo

Dorival acertou o time e vem colhendo excelentes resultados levando o Flamengo à final da Libertadores, onde é favorito no jogo contra o Athletico

Foto: Rodrigo Trindade por Pixabay

O plano A do Flamengo para voltar a vencer em 2022 não funcionou. O português Paulo Sousa não conseguiu levar o Flamengo ao patamar que a torcida esperava e depois de apenas dez rodadas do Campeonato Brasileiro foi finalmente demitido do cargo. Os números realmente não foram nada bons, tendo apenas 40% de aproveitamento com quatro derrotas, três empates e três vitórias.

O rubro-negro naquele momento se encontrava a exatamente um ponto acima do rebaixamento. Os números do Flamengo no 1º turno não foram nada animadores: em 19 jogos ganhou 9, empatou 3 e perdeu 7. Além disso tinha perdido o Campeonato Carioca para o Fluminense e a Supercopa do Brasil para o Galo.

A solução encontrada foi surpreendente: o clube resolveu trazer novamente Dorival Júnior para sua terceira passagem pelo rubro-negro. Dorival saiu do Ceará, onde vinha fazendo uma boa campanha tanto no Campeonato Brasileiro como na Sul-Americana, para ocupar a vaga deixada por Paulo Sousa, porém com contrato vigente apenas até o final do ano.

Pois não é que Dorival acertou o time e vem colhendo excelentes resultados levando o Flamengo à final da Libertadores, onde é favorito no jogo contra o Athletico – confira aqui o bônus da Betclic para fazer sua aposta no confronto – e também está na decisão da Copa do Brasil, onde vai enfrentar o Corinthians.

Velho conhecido

A primeira passagem de Dorival pelo clube foi em 2012 e apesar de não ter tido um bom desempenho com a equipe, foi mantido para a temporada seguinte, mas acabou sendo demitido no início do ano.

Em 2018, Dorival Júnior é contratado novamente, desta vez apenas para comandar o Flamengo nas partidas finais do Brasileirão. No total de 12 jogos, a equipe somou sete vitórias, três empates e apenas duas derrotas, acabando como vice-campeã do torneio.

Entretanto, a diretoria resolveu dispensar o treinador ao final de seu curto contrato, apesar dos resultados positivos, trazendo Abel Braga para ocupar o seu lugar. No fim Abel também não ficou por muito tempo, sendo finalmente substituído pelo técnico que levou o Flamengo novamente a um lugar de glõrias conquistando praticamente tudo, o português Jorge Jesus.

A volta por cima

Desde sua chegada em junho ao Ninho do Urubu, Dorival Junior alterou completamente a situação do Flamengo, ajudado pelo excelente plantel que tem a disposição, fruto de uma situação exuberante nas finanças do clube que evoluíram muito nos últimos anos.

O futebol apresentado voltou a ser bonito e objetivo. O setor defensivo melhorou muito e as ideias que Dorival tinha em mente, como ter juntos Gabigol e Pedro, foram colocadas em prática e com sucesso, contrariando muitos comentaristas esportivos que não acreditavam nessa opção, por exemplo.

O Flamengo de hoje tem outra cara mesmo quando joga com seus reservas. Existe mais união e se nota a alegria na equipe e uma melhora no ambiente do clube. A equipe resgatou a confiança e os jogadores estão felizes em atuarem em suas posições de origem, sem grandes invenções.

Exatamente no final da primeira quinzena de setembro, o rubro-negro ocupa a 3ª posição na tabela de classificação do Brasileirão com 45 pontos, 9 pontos atrás do líder Palmeiras e apenas um ponto atrás do vice-líder, o Internacional. A possibilidade de título ainda não está descartada, mas seria preciso que o Palmeiras de Abel Ferreira começasse a ter muitos resultados ruins e que o Inter também fizesse uma campanha inferior.

Por isso as esperanças no final de 2022 estão concentradas na Copa do Brasil e na Copa Libertadores da América. O clube já está com a vaga garantida para a final da Libertadores, que ocorrerá provavelmente no dia 29 de outubro no Estádio Monumental em Guayaquil, no Equador. Seu adversário será o Athletico comandado por Felipão.

Na Copa do Brasil o rubro-negro também está na final e vai enfrentar o Corinthians que eliminou o Fluminense e impediu um histórico Fla-Flu na decisão do torneio nacional.

Como podemos ver o Flamengo volta a brilhar em todas as competições sob o comando de Dorival Junior. Caso o time vença as duas competições de mata-mata, finalmente a sombra de Jorge Jesus começa a se afastar do rubro-negro carioca.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui