História da Adutora Veiga Brito: a obra do século do Rio de Janeiro

Com aproximadamente 34 Km, a estrutura, antes da estação Guandu, tinha a missão de abastecer com água a população do Rio de Janeiro até o ano 2000

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

São 34 Km de extensão. A título de comparação, a Ponte Rio-Niterói tem 13,2 Km. A maior parte da Adutora Veiga Brito (ou Túnel do Lacerda, como foi chamada) fica embaixo da terra ou encravada em montanhas. O Aqueduto do Catonho, junto com as partes de Senador Camará (Viegas) e Realengo (Barata), são os trechos visíveis.

A obra foi feita nos anos 1960 e teve como principal motivo abastecer o Rio de Janeiro até o ano 2000. Na época em que foi construida, a capital e parte da Região Metropolitana sofriam com falta d’água.

Chamada de “obra do século” por conta de sua magnitude, a Adutora Veiga Brito cruza parte do Parque Estadual da Pedra Branca. Sua extensão inicia na Elevatória do Lameirão (Santíssimo), passa peloo Jardim Sulacap e outros bairros até o Jardim Botânico.

1bd69 obra seculoaqueduto História da Adutora Veiga Brito: a obra do século do Rio de Janeiro

“Das três pontes-canais, a maior é a do Catonho, com 246 metros de extensão e um declive de 0,84 metros. A ponte da Cachoeira tem 164 metros e a do Governo (Realengo) tem 205 de extensão. Após o Catonho, o aqueduto segue em direção a Praça Seca, indo pelo subterrâneo até o Jardim Botânico“, informa o portal Bangu Viagem.

Advertisement

Leia também

Conheça seis motivos para investir em uma pós-graduação

Aeroporto Santos Dumont pode ser fechado durante o G20, em novembro

Carlos Lacerda, então governador do Rio de Janeiro, foi acusado na época de acelerar a obra a fim de “render dividendos eleitorais”. No Jardim Sulacap, Lacerda inaugurou a “fase terminada da obra” do Aqueduto do Catonho em 1965.

Aqueduto Viegas 04 História da Adutora Veiga Brito: a obra do século do Rio de Janeiro

Foto: Blog História de Realengo

A estrutura da obra da Adutora Veiga Brito existe até hoje em dia.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp História da Adutora Veiga Brito: a obra do século do Rio de Janeiro

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui