Engenhão

Aproveitando este clima de Olimpíada que exalta algo bastante especial, que é a prática esportiva, o Diário do Rio tem contado, de forma breve e objetiva, a história das principais sedes e estádios do futebol carioca. Hoje, falaremos do Engenhão, ou Estádio Nilton Santos.

Inauguração do Engenhão

A história do Engenhão é recente. Em 2007, o Estádio, que foi erguido visando os Jogos Pan-americanos de 2007, foi inaugurado. Essa inauguração se deu no dia 30 de junho, com uma partida de futebol entre Botafogo e Fluminense, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O placar foi 2 a 1 para o Fogão. O primeiro gol foi feito por Alex, que jogava no Flu.

496112655_ee6c361e6d

As obras do Estádio Nilton Santos começaram em 16 de dezembro de 2003. Foi a primeira construção iniciada para os Jogos Pan-americanos de 2007. A data de conclusão da obra foi adiada quatro vezes. Inicialmente prevista para 2006, ficou pronta no ano seguinte. Semanas antes do Pan começar, ainda havia reparos para fazer.

[iframe width=”100%” height=”90″ src=”https://diariodorio.com/wp-content/uploads/2015/05/superbanner_66anos.swf-3.html”]
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis sempre contribuiu para melhorias em nossa cidade, conservando o que temos de melhor

Durante o Pan do Rio, o Estádio foi sede de partidas de futebol feminino e masculino. Além, é claro, das disputas de atletismo.

Engenhão Botafogo

O Estádio, que é municipal, foi arrendado pelo Botafogo no ano de sua inauguração até 2027. No contrato há a possibilidade de renovação por mais 20 anos. A obra ficou pronta durante a gestão César Maia e custou R$ 380 milhões.

Nilton Santos

A partir de 2015, a pedido do Botafogo, o nome fantasia do campo foi alterado para Estádio Nilton Santos. O popular Engenhão, que tem esse apelido por ficar no bairro de Engenho de Dentro, foi oficialmente inaugurado com a alcunha de Estádio Olímpico João Havelange.

Usain Bolt no Engenhão

Falando em Olimpíada, nos últimos dias, o mundo inteiro viu mais um feito histórico realizado pelo atleta jamaicano Usain Bolt. O velocista foi tricampeão olímpico nos 100 metros, no Estádio Nilton Santos, durante a Rio-2016.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui