História dos 2 esportes inventados no Rio de Janeiro

Cidade conhecida, também, pela prática de esportes ao ar livre, o Rio de Janeiro viu nascer em suas areias duas modalidades esportivas: Futevôlei e o Frescobol

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Ayrton e Renan em 1987, jogando pelo bicampeonato da Copa Itaú. Site Footvolley4ever

Cidade conhecida, também, pela prática de esportes ao ar livre, o Rio de Janeiro viu nascer em suas areias duas modalidades esportivas: futevôlei e o frescobol.

Em 1965, o Futevôlei começou a ser praticado nas areias das praias do Rio de Janeiro. Um grupo de amigos, acostumados a dar toques de bola à beira-mar foi proibido pela polícia por desrespeitarem uma lei da época. Essa galera, então, decidiu continuar o seu entretenimento favorito na zona de areia fina, perto do calçadão de Copacabana, onde ficavam as quadras de Vôlei de Praia.

Ali nasceu o Futevôlei. As redes separavam as duplas e as regras foram se aprimorando com o tempo. Em 1967, Nubar Salibian levou o esporte para a Escola Técnica do Paraná (atual UTFPR), em Curitiba. Há quem defenda que esse foi o primeiro saque da modalidade. Por outro lado, os relatos de que tudo começou no Rio são mais constantes.

Rua Bolivar 1971 768x516 1 História dos 2 esportes inventados no Rio de Janeiro
Copacabana, 1971 / fonte: Footvolley4ever.com

Nos anos 1990, o Futevôlei, já muito praticado em todo o Brasil, ganhou o mundo. Ponto. Atualmente existem federações que coordenam o esporte em países de quase todos os continentes. Os campeonatos da modalidade estão cada vez com mais apelo de público e organização.

Advertisement

Frescobol

Outro esporte carioca é o Frescobol. Millôr Fernandes, desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro de muito sucesso, dizia ter sido criador da modalidade esportiva. Millôr falava que era o “único esporte com espírito esportivo, sem disputa formal, vencidos ou vencedores”.

millor fernandes jogando frescobol arpoador História dos 2 esportes inventados no Rio de Janeiro
Millôr Fernandes jogando frescobol no Arpoador. Editora L&PM – site Zona Curva

Mas há uma disputa sim: quem criou o Frescobol? Alguns relatos, não os de Millôr, dizem que o esporte nasceu na década de 1950, também em Copacabana. O arquiteto Caio Rubens Romero Lira, que costumava jogar tênis com seus amigos nas areias, encomendou uma raquete de madeira, que não era corroída pela maresia, como acontecia com as raquetes tradicionais. O lazer entre amigos foi se expandindo para outros grupos e o esporte pegou de vez.

Ainda existe outra versão da criação. O empresário Lian Pontes de Carvalho também é considerado o pai desse esporte genuinamente brasileiro.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

“O adversário de Millôr nessa disputa ao estilo Santos Dumont x Irmão Wright era frequentador da Praia de Copacabana e dono de uma fábrica de móveis de piscina, pranchas e esquadrias de madeira, na Rodovia Presidente Dutra e, em 1945 ou 1946, confeccionou a pedido de um amigo as primeiras raquetes para a prática do tênis de lazer jogado na praia, prática diversa do Beach Tennis, jogado de forma competitiva e inventado na Itália nos anos 60”, escreveu o jornalista Fernando do Valle para o site Zona Curva.

Independentemente de quem criou, os esportes estão aí para cariocas e moradores de outras cidades e países praticarem.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp História dos 2 esportes inventados no Rio de Janeiro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui