Foto: Divulgação

Segundo a coluna de Ancelmo Gois, o velho hotel Paysandú, onde se hospedou a seleção uruguaia da Copa de 1950 está à venda de novo. Antes o preço era de 14 milhões. Agora são 8 milhões.

De acordo com informações obtidas pelo DIÁRIO DO RIO, o velho prédio foi alugado pelos herdeiros dos vários espólios proprietários a uma empresa de hotelaria que começou uma reforma e não terminou, e deixou o prédio totalmente depredado por dentro: quartos demolidos, elevadores desativados, água caindo dentro do prédio, portaria destruída: um mini Hotel Glória, que encontra-se destruído por dentro.

O imóvel, que pertence a vários espólios, alguns de pessoas falecidas há décadas, é também objeto de uma briga judicial entre os herdeiros.

Para piorar a situação, existe uma dificuldade de transformar o Hotel em apartamentos e lançá-lo como um empreendimento residencial por conta da documentação, que depende da solução de mais de um processo de inventário com mais de 40 anos de trâmite na nossa justiça, que, sabemos, não é das mais céleres.

E agora, quem resolve essa novela?

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui