Por André Delacerda.

Hoquei2 O Diário do Rio sempre gosta de trazer novidades aos nossos leitores e amigos do esporte. Dessa vez trazemos uma entrevista sobre Hóquei na Grama. Isso mesmo que você leu! Sabia que a cidade já tem muitos praticantes dessa modalidade esportiva?

O Rio já sediou competições de Hóquei na Grama, nos Jogos Pan Rio 2007. Mas o esporte já é praticado à bastante tempo na cidade. Foi trazido para cá, pelos alemães. Também descobrimos na reportagem que a cidade conta com uma estrutura completa para a prática do Hóquei na Grama e segundo as palavras do simpático Eduardo Righi, o carioca não é só bom de samba, mas também bom de hóquei, inclusive dando um ritmo todo especial ao esporte, com qualidade excepcional. Descobrimos fazendo a matéria, que o Hóquei na Grama inclusive desenvolve fatores psicológicos positivos e ajuda na coordenação motora. Em dezembro a cidade irá sediar mais uma competição Panamericana desse esporte.

O Rio tem uma dinâmica equipe feminina de hóquei. Olha a mulher carioca brilhando e fazendo bonito em todos os esportes!

Na trajetória deste esporte no Brasil, o país já em março de 2002, foi quinto colocado no Panamericano Indoor disputado em Washington, sendo Eduardo Righi, o técnico da seleção principal masculina, que também ganhou três campeonatos brasileiros como jogador e técnico do Germania entre 2000 e 2003. E no final de 2002, este formou com a ABH (anterior a CBHG) a primeira seleção Brasileira sub17 que foi disputar jogos na Argentina. O Treinador que é argentino, é fanático pela seleção brasileira de Hóquei na Grama

A entrevista tem dois módulos. Uma feita com o treinador, o argentino Eduardo Righi. E a outra com a jogadora de Hóquei na Grama, a carioca Nathália Marques.

Entrevista com Eduardo Righi

Nathalia Marques e Eduardo Righi Diário do Rio – Como é jogo?

Eduardo Righi – Basicamente o hóquei na grama é mais técnico que no gelo, ou do que o hóquei de patins. Sendo que o contato físico no hóquei na grama não e permitido .

O campo e de grama sintética e as medidas são quase iguais ao do futebol. A versão oficial e de 11 jogadores no campo, mais  tem modalidades de sete jogadores. E o indoor, que é na quadra, com 6 jogadores,

O jogo e baseado em jogadas individuais e coletivas, com muita táctica e revezamento constante com os jogadores na reserva. E existe uma área de 14 metros onde o gol só pode ser feito dentro dela. Não tem impedimento, o que facilita muito as jogadas rápidas. É um esporte com complexa técnica e tacticamente.

O hóquei na grama é muito benéfico na psicomotricidade, concentração e velocidade mental


Diário do Rio – Este é um esporte novo no Rio? Creio que a primeira competição oficial foi realizada nos Pan 2007. Como esta modalidade desportiva chegou no Rio?

Eduardo Righi – Realmente tem bastante tempo o hóquei no Rio. O Clube Germânia tem muita tradição. Foram os alemães que trouxeram o esporte para o Rio.

No ano 2001 eu comecei com hóquei nos Colégios Logosofico, Reacão,  Our Lady Mercy e no Clube de Aeronáutica na Barra. Também tem hóquei em Macaé, e no  Rio Hóquei. A nível escolar, existem escolinhas de hóquei nos Colégios Cruzeiro, Militar, Duplar, Rosa da Fonseca ,uma ONG chamada Ven SEr e no Clube de Sargentos e Subtenente da Vila Militar

Sendo que a Confederação, a Federação do Rio, as escolas, e os clubes vão alternando e organizando diferentes eventos em forma constante.


Jogo de Hoquei Diário do Rio – Tem muitos praticantes na cidade? Já existe uma equipe carioca de hóquei competindo?

Eduardo Righi – Realmente temos um número muito bom de praticantes. Como comentei na resposta anterior as competições escolares e de clubes são constantes, também são organizados os campeonatos brasileiros.

Destaco o valor desses praticantes de hóquei no Rio. Realmente é incalculável o sacrifício, a disposição e a alegria para aprender um esporte tão complexo e tão exigente aeróbica e anaerobicamente, em baixo daquele sol da Vila Militar. É para se emocionar e a expectativa que se tem é cada vez melhor.


Diário do Rio – Nossos leitores devem estar curiosos para saber quais os requisitos para prática deste esporte. Quais são e quanto custa para se praticar?

Eduardo Righi – O mais importante é a disposição, além de ter uma coordenação motora razoável.Depois nós os treinadores, nos encarregamos de formar nos atletas a parte técnica, psicológica, táctica e humanamente o melhor possível.

Os preços são baixos, podem ir de R$30,00 até no máximo R$ 50,00 ais por mês. 

O Material a gente empresta. 


Diário do Rio – Por que o carioca jogaria hóquei sobre grama?

Eduardo Righi – O Carioca esta botando muito samba ao hóquei e esta sendo uma combinação muito boa, de uma qualidade técnica maravilhosa.


Diário do Rio – Qual o melhor lugar do Rio de Janeiro para jogar?

Eduardo Righi – Todos os que têm hóquei na grama aqui no Rio, são bons.

No Blog de Nelson Siqueira tem muita informação. Tem também o site da Federação, e agora entrou no ar o novo site da confederação.


Diário do Rio – Quais as perspectivas futuras do Hóquei sobre Grama no Rio?

Eduardo Righi – Tendo dois campos oficiais a gente tem uma perspectiva muito boa,  a prioridade são as crianças e os adolescentes, só com ligas fortes a raiz do esporte fixara uma boa base e as seleções terão constante aportes.

Temos eventos internacionais marcados para dezembro como o Panamericano masculino e feminino de clubes – campeões da cada pais – Também alguns times viram nas ferias para aproveitar a cidade e o nosso crescimento desportivo.

 

Entrevista com Nathalia Marques


hoquei1 Diário do Rio – O que lhe atraiu a fazer Hóquei na Grama?

Nathália Marques – Eu fui chamada por uma amiga de colégio (Verônica). Nos encontramos numa lanchonete e ela sabia da minha paixão pelos esporte e me fez um convite para conhecer. Fui com minha irmã (Priscilla). Na verdade só conhecia de nome desse esporte e nunca tinha acompanhado, como a maioria das pessoas no Brasil, mas agora vejo o esporte maravilhoso que é!


Diário do Rio – Você diria que este é um esporte tradicionalmente masculino, ou as mulheres estão tendo seu espaço graças a competência?

Nathália Marques – Como a maioria dos esportes de bola e taco, o masculino predomina, a procura é maior por parte dos homens, mas as mulheres estão sim tomando espaço e com muita competência, existem jogadoras que dão “banho” nos homens.

Diário do Rio – Você já participou de alguma competição defendendo a nossa cidade? Ganhou? Qual foi a emoção?

Nathália – Jogo a 5 meses, mas agora em agosto (1 e 2) teve o Campeonato Brasileiro Feminino e foi montado um time do Rio de Janeiro, pegando jogadoras dos times: Deodoro, VemSer, Rio Hockey e Germania. Foi um Campeonato maravilhoso, mesmo tendo 3 times participantes (Rio, Florianópolis e Desterro, os dois últimos de Florianópolis). Não ganhamos o campeonato, mas meu time está de parabéns, ganhamos muita experiência!

O treinador Eduardo e a jogadora Nathália, deixam um convite aos cariocas e interessados em conhecer está modalidade.

germania Diário do Rio – Deixem um convite aos cariocas, para que estes venham conhecer o Hóquei na Grama. 

Eduago Righi – Ai pessoal, venham jogar Hóquei na Grama que é muito divertido, rápido e a galera e muito legal.

Podem abrir os vídeos no youtube para ter uma noção do esporte – hockey sobre cesped ou field hockey -. Por favor entrem nos sites que mencionei nesta matéria.

Esperamos a todos, abraços e uhhhuuuuuuuuuu!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nathália – Eu convoco as pessoas que se identificam com esportes e quem gostou da matéria a procurar conhecer o Hóquei sobre Grama. E quem ficar com vontade de conhecer melhor temos escolhinha de hóquei com o Técnico Eduardo quartas e sábados a partir das 9h da manhã na Vila Militar-Deodoro, onde foi montado o campo de hóquei oficial para os jogos Pan-americanos! Pratiquem esporte!!!

Informações sobre o hóquei de grama

Quem quiser maiores informações sobre locais de treinos e também entrar em contato com o treinador Eduardo Righi. Seguem as informações:

Treinos no Clube Germânia na Gávea: quartas as 21 hs, aos sábados as 15 hs.

No campo Oficial na Vila Militar, tem treinos: quartas as 9 hs e as 14 hs, e aos sábados as 8.30 hs.

No Rio Hóquei: quintas as 21 hs na Gávea. Mais informações no celular 91951961, falar com Eduardo, ou enviando um email para: hockeytrotters@gmail.com

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui