Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira, 2/10, não foi apenas ruim para Marcelo Crivella (Republicanos) ao mostrar um empate técnico entre o atual prefeito e as Martha Rocha (PDT) e Benedita da Silva (PT). Dados divulgados no jornal O Globo deste sábado, 3/10, mostram um desalento dos cariocas com o Bispo.

Ao todo, 78% desaprovam a forma com que o bispo licenciado administra a cidade. A pesquisa encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de SP” identificou que Crivella é avaliado como ruim e péssimo à frente da gestão municipal para 66% dos entrevistados e como regular para 23%.

Já o governador Claudio Castro (PSC), que acabou de estrear como governador e nem tem o que mostrar, oi avaliado como regular por 30% e 22% como péssima. Os que não sabem ou não responderam somam 35%. Sobrando 13 de ótimo + bom.

O grande eleitor de 2020, Jair Bolsonaro (sem partido) tem sua gestão avaliada como péssima para 29% das pessoas, regular para 28% e ótima e boa para 34%

O Ibope entrevistou 805 eleitores entre quarta e sexta-feira desta semana. O nível de confiança da pesquisa – isto é, a probabilidade de que os resultados retratem a realidade do eleitoral – é de 95%.

57% dos cariocas mudariam de cidade se pudessem

De acordo com a mesma pesquisa Ibope, 57% dos moradores da capital fluminense ouvidos pelo instituto se mudariam da cidade do Rio de Janeiro se pudessem. Outros 42% permaneceriam no município ainda que tivessem a oportunidade de deixá-lo. O problema mais grave enfrentado por quem vive na capital hoje, mencionado em 74% das respostas, é a saúde; em seguida, a educação (45%), a segurança pública (37%) e a corrupção (31%).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui