Igreja no Centro da Cidade fará homenagem ao Padroeiro do Fluminense, São João Paulo II

O coral da Igreja dos Mercadores vai cantar "La Musica di Karol" antes da missa dominical, para homenagear o Santo Papa, e, quem sabe, trazer boa sorte para o Fluminense na final da Libertadores da América.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
André e Nino em jogo do Fluminense

No dia em que o Papa João Paulo II – hoje santo – iniciou o seu pontificado, é comemorada pela Igreja Católica a sua memória. Nesta data, 22 de outubro, se recordam vários momentos do caminho e magistério do Papa polonês – conhecido também, aqui no Rio, como Padroeiro do time do Fluminense. Nascido em Wadowice em 1920, e festejado por sua atuação no meio das grandes mudanças na história e nos equilíbrios do mundo, “as palavras e reflexões de João Paulo II são e continuam a ser uma bússola para guiar a humanidade“, segundo o Vatican News. Mas no Rio, cidade que ele visitou e onde sempre foi muito bem recebido, o Papa que virou santo representa uma paixão de milhares de cariocas.

Não se sabe se é também por causa da final que vai ser disputada entre o Boca Juniors e o Flu em 4/11 no Maracanã, mas a Igreja dos Mercadores, na rua do Ouvidor, vai conduzir uma celebração especial no dia dele. A Igreja, que celebra missas solenes bastante reputadas todos os sábados e domingos, encomendou uma apresentação do Coral Astorga – da soprano Juliana Sucupira, entoando a música composta pelo famoso compositor Católico Marco Frisina para homenagear Karol Wojty?a: Jesus Christ, you are My Life, também conhecida como “La Musica di Karol“. A apresentação ocorrerá ao meio-dia de Domingo, dia dedicado ao Santo. “Não vão faltar tricolores nesta cerimônia eucarística“, brinca Sylvia Assumpção, Secretária da Irmandade dona do templo, dedicado a Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores. A missa será celebrada pelo Padre Victor Hugo Nascimento, no domingo, em latim, e a homenagem deve ocorrer logo antes da Missa, e, quem sabe, na homilia. Será que padre pode pedir ao Santo por um time de futebol?

No ano de 2009, quando o time do Fluminense lutava contra o rebaixamento, Igor Viviani, aquele rapaz que havia dado a camisa tricolor ao Pontífice em sua visita ao brasil em 1980, teria feito uma promessa que dizia o seguinte: caso o clube escapasse da queda, faria tudo para que o papa João Paulo II se tornasse padroeiro do clube. Acabou acontecendo exatamente assim. Os guerreiros verde e grená arrancaram de forma quase inexplicável para escapar do rebaixamento que era certo para os matemáticos futebolísticos, e ainda conquistaram o Brasileiro no ano seguinte: assim, o papa da minha infância se tornou um dos padroeiros do clube.

A Igreja fica na rua do Ouvidor, 35 (esquina com o Arco do Teles), e é pequenininha. Recomenda-se chegar cedo pois as Missas lá costumam encher. Viva São João Paulo II, e viva o Fluminense!

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Igreja no Centro da Cidade fará homenagem ao Padroeiro do Fluminense, São João Paulo II
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Igreja no Centro da Cidade fará homenagem ao Padroeiro do Fluminense, São João Paulo II
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui