Um banco de imagens brasileiro, de momentos reais, para pessoas iguais. Esse é o “Brasil com S”, projeto criado pelo Lab 678 que será lançado no dia 11 de outubro e estará disponível através do site do projeto. “Brasil com S” propõe uma solução para a falta de representatividade realmente brasileira nos bancos de imagens internacionais, utilizados nas agências de Marketing do país. Ao todo, serão mais de 200 imagens, com três temáticas diferentes, que poderão ser adquiridas gratuitamente para fins editoriais em www.brasilcoms.com.br

“O povo brasileiro ainda é tratado apenas como estereótipos na comunicação. E foi em cima desse vazio que surgiu a necessidade de criar o “Brasil com S”, um banco de imagens que mostre – e naturalize – as pessoas de verdade, em momentos reais, para além desses rótulos e bandeiras pré-definidas”, explica Hugo Gunzburger, diretor criativo do projeto e sócio do Lab 678.

O projeto visa retratar o Brasil, com s, de quem é brasileiro, e não o “Brazil”, com z, como é escrito em outros países.

A ideia é trazer mais cor as fotos de banco de imagens, além de objetos que sejam genuinamente brasileiros. Pedro Burger, diretor de arte do Lab 678, que também participou da criação do projeto, diz que sempre sentiu essa falta no mercado. “Temos muitos problemas com banco de imagens de fora, porque os objetos, os móveis são sempre urbanos, a luz das fotos é mais fria, sempre remete a outros países, nunca ao Brasil.”

A solução, então, foi apostar nos objetos de cena. Ana Lucariny, designer e que também fez parte da criação, explica que todos os elementos dos cenários foram pensados para compor o conceito Brasil. “São elementos que encontramos em vários cantos do país. Quisemos trazer muita cor, nosso país é um país com cores bem saturadas, misturado com objetos clássicos e presentes na nossa cultura, como por exemplo o Biscoito Globo, clássico aqui do Rio, a cervejinha gelada, a mesa de bar. Também queríamos retratar uma sujeira, essa poluição visual que faz parte do Brasil.”

Para essa e outras histórias, siga meu Instagram @marketingeoutrashistorias

Renata Granchi é jornalista, publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV e TV Escola. Escreveu dois livros didáticos e atualmente presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade, como o canal de TV Like, Dom Produções Criativas, Audima, entre outras.

1 COMENTÁRIO

  1. Acho engraçado essas iniciativas de forçar a escrita de Brasil com o “S”. Nós escrevíamos Brasil com Z e nós é que mudamos a grafia pro S em uma reforma ortográfica. O mundo é que não se sentiu obrigado a alterar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui