Iniciativa popular ensina futebol para jovens talentos do Complexo do Alemão

Com o objetivo de transformar o contexto social, o Projeto Bola de Ouro promove lazer e cria acesso profissional às crianças e jovens carentes da comunidade por meio do esporte

Foto: Arquivo Pessoal

Há cerca de 2 anos, nascia o Projeto Bola de Ouro, quando dois amigos apaixonados por futebol decidiram se unir em prol de uma causa: transformar vidas por meio do esporte. Atualmente, a ação voluntária impacta a vida de 132 crianças e adolescentes de 5 a 17 anos do Complexo do Alemão, um dos maiores conjuntos de favelas da cidade do Rio de Janeiro.

Em meio a ausência de políticas públicas nas comunidades, o promotor de vendas Webert Machado, mais conhecido como Betinho e o mecânico Diogo Chaves, implementaram um projeto esportivo voltado para jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social na região da Fazendinha, com a missão de contribuir com a formação de cidadãos de bem.

A ideia surgiu a partir de uma conversa informal entre dois amigos que compartilhavam do mesmo sonho e cresceu com a ajuda de entusiastas e moradores do Alemão, que compraram o barulho. E somente após arrumarem uma locação, cedida por um amigo, a dupla inaugurou o projeto.

“Em relação a querer ajudar a transformar a vida dos jovens, sempre pensei sim, porém sem coragem pra dar o pontapé inicial. Tendo em vista a dificuldade que é ser morador de comunidade, hoje entendemos que conseguimos uma grande mudança na vida dessas crianças”, comenta Betinho.

A manicure e moradora do Complexo do Alemão, Jéssica da Silva, é mãe do pequeno Lucas Silva de 8 anos, um dos primeiros atletas mirins a integrar o Projeto Bola de Ouro. Ela conta que o filho já chegou a praticar outro esporte, mas quando soube da existência do projeto, se interessou e quis participar. “Ele chegou a fazer natação, mas a empolgação não era a mesma”, revela.

Para Jéssica, a existência de projetos como esse é fundamental para os jovens carentes. “Eu acho de extrema importância na vida das crianças e dos adolescentes aqui, pois antes do projeto iniciar eles ficavam à toa nas ruas e hoje eles treinam participam de campeonatos. Sem contar que com a disciplina do Betinho e do Diogo eles estão muito mais empenhados em serem alguém na vida”, conta.

Betinho acredita que, o esporte, mais precisamente o futebol, é um dos principais meios de transformação social para os jovens da comunidade, tanto pela disciplina, quanto pela oportunidade profissional. “A importância desse projeto é enorme. Principalmente para tirar o foco que tem em nossa comunidade. Tentamos ao máximo construir pessoas de bom caráter”, diz.

De acordo com ele, a escassez de recursos financeiros é a maior dificuldade enfrentada. Sem incentivos governamentais ou patrocínios, o projeto se sustenta devido ao apoio dos pais dos atletas e de comerciantes da própria comunidade, além da arrecadação por meio da promoção de eventos beneficentes e da venda de rifas.

Além disso, o Bola de Ouro também conta com doações e apoio nas redes sociais de alguns artistas e grandes nomes do meio esportivo, como o cantor Buchecha, os jogadores Vittinho, Everton Ribeiro, Rafinha, Erick Brendon e o vice-presidente do Clube de Regatas do Flamengo, Marcos Braz.

O projeto, que acontece às terças e quintas-feiras na Rua Paraíso nº5, na Área 5 e às quartas, sextas-feiras e sábado, na Academia Gedeon Fitness Club, em Inhaúma, possui vagas disponíveis para novos alunos e as inscrições são gratuitas.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Primeiramente obrigada Betinho e Diogo por fazerem parte da vida da minha filha porque depois que minha filha começou a participar do projeto bola de ouro ela ser desenvolveu bastante não só aqui em casa mas também no projeto bola de ouro
    As crianças e adolescentes gostam muito de vocês

  2. Só quem vive e presencia a importância que BETINHO e DIOGO tem na vida dessas crianças, a importância na educação e formação de caráter dessas crianças, mudam vidas e mentes pra melhor, dao sempre o maximo deles para que todos estejam bem e felizes, que Deus continue abençoando esse projeto para que eles continuem abencondos os alunos e as famílias ???
    Que vocês continuem formando crianças de caráter, para que cresçam ser humanos de caráter

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui