Foto: Cleomir Tavares/Diário do Rio

Foi instalada nesta quinta-feira (25/03) a Comissão Especial de Enfrentamento à Miséria e à Pobreza Extrema, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A medida está sendo presidida pela deputada Renata Souza (Psol), que também foi a responsável pela propositura de criação do grupo, que tem como vice-presidente a deputada Enfermeira Rejane (PCdoB) e como relator o deputado Flávio Serafini (Psol).

A finalidade da comissão é realizar o acompanhamento da situação das populações economicamente mais vulneráveis do estado. Um dos objetivos principais do grupo é elaborar um diagnóstico da miséria e da pobreza extrema no estado do Rio, que teve um aumento expressivo por conta da pandemia da covid-19.

De acordo com a deputada Renata Souza, a população mais pobre cresceu no último ano, apesar do pagamento do auxilio emergência do governo federal.

“O auxílio emergencial pago em 2020 reduziu a pobreza no Brasil em 3,74%, mas, no Rio, aconteceu o contrário. Apesar dos cinco milhões de beneficiados, a faixa da população mais pobre cresceu 1,55%”, disse a deputada, que preside a comissão.

Para a parlamentar, o enfrentamento à pobreza no estado é fundamental. “O trabalho desta comissão é enfrentar as condições que levam à pobreza e à extrema pobreza. Essa tarefa exige engajamento político, articulação de múltiplos atores sociais e políticos e propostas concretas. É isso que iremos fazer”, complementou Renata Souza.

Os demais integrantes da comissão são: deputadas Zeidan (PT) e Martha Rocha (PDT), como membros efetivos;e o deputado Waldeck Carneiro (PT), como suplente.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui