Por André Delacerda

Logo Instintuto Rio Moda O Diario do Rio sempre têm buscado acompanhar o que de novo acontece na cidade, as novas tendências, os lançamentos, o surgimento de espaços importantes. Que por certo consolidam a imagem da cidade como centro cultural e de desenvolvimento criativo do país.

 

A moda é certamente um dos setores mais pujantes na economia carioca, pois gera receita, empregos e contribui para a consolidação da imagem da cidade.

 

O Rio é a grande passarela para a moda brasileira, aqui se cria e dissemina, e agora também, se discute moda.

 

Esse é o papel do Instituto Rio Moda, que se firma como um centro de referência e reflexão sobre a indústria da moda no Brasil, trazendo para o mercado o que há de mais moderno no setor e buscando aperfeiçoá-lo para que este tenha cada vez mais destaque e excelência.

Berço da moda carioca e plataforma de lançamento de modismos no Brasil e no Mundo, Ipanema abriga desde setembro a sede do Instituto Rio Moda, um centro integrado de referência, conhecimento e reflexão sobre a indústria da moda, em complemento à formação e capacitação de estudantes e profissionais do setor.

 

1 Os idealizadores do Instituto Rio Moda, são quatro profissionais experientes, atuantes em vários setores, e em especial no mercado de moda. Estes se juntam para dar a sua contribuição ao mercado carioca e brasileiro de moda.

 

Para que nossos leitores tenham maior conhecimento sobre quem faz o Instituto Rio Moda, disponibilizamos um breve currículo de seus idealizadores:

 

– Roberto Meireles – Mestre em Educação pela PUC-Rio, Pós-graduado em Administração pelo Coppead UFRJ, Engenheiro pela UFRJ, Roberto Meireles tem 18 anos de experiência como docente e gestor de ensino superior, com forte atuação na consultoria em Educação e no campo do e-learning.  

 

– Alessandra Marins – Pós-graduada em Cultura em Moda pela Universidade Anhembi Morumbi e em Gestão Empresarial pela Universidade Candido Mendes, Jornalista pela FACHA, tem 15 anos de experiência como estilista e compradora, 8 como consultora de moda e 4 como docente em cursos de pós-graduação.  

 

– Astrid Monteiro de Carvalho – Bacharel em Direito pela Universidade Candido Mendes e, por 3 anos, advogou na área de Direito Ambiental. Tem 10 anos de experiência no mercado de Moda como produtora, compradora, consultora e empresária.  

 

– Juliana Lopes – Graduada em Moda pelo Senai-Cetiqt e em Gestão Comercial pela UNESA, aperfeiçoou-se em Fashion Forecasting pela Central Saint Martins (UK), tem 10 anos de experiência como estilista e compradora.

 

Segundo estes, mais do que uma central de cursos de extensão, o Instituto Rio Moda é um espaço que tem como foco:

“proporcionar conhecimento através do “Aprender fazendo”. O Instituto Rio Moda tem por objetivo criar um espaço de troca de informações, sem pré-requisitos ou currículos rígidos, onde o que se aprende – nos workshops, encontros com especialistas, oficinas, viagens de estudo e estágios – já se relaciona diretamente com o que é necessário na cadeia produtiva da Moda.

De acordo com Roberto Meireles, um dos sócios do Instituto Rio Moda, este centro, têm como objetivos principais:

“aliar informação, a criatividade e a autoria, associadas às competências de gestão, para que sejam elementos consolidadores de uma identidade à Moda brasileira, disseminando cultura e gerando riqueza a todos os envolvidos”.

Como o assunto moda, é bastante amplo, dividimos esta matéria em duas partes, esta introdutória sobre o Instituto Rio Moda, e uma segunda que veicularemos nos próximos dias, com uma interessante entrevista com Roberto Meireles, que nos contará mais sobre o Rio Moda, o mercado carioca e brasileiro da moda, e a importância de se agregar valor a moda unindo prática com conhecimento de ponta.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui