Inteligência Artificial prevê como será o Rio de Janeiro daqui a mil anos

Em exercício de futurologia, Brasil foi representado pela cidade do Rio de Janeiro, com arranha-céus em meio à diversas formações rochosas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Rio de Janeiro/Brasil | Foto: Reprodução/YouTube

Um exercício de futurologia teve início após um inscrito do canal “AI Imaginary World”, no YouTube, sugerir sobre como seria a aparência dos países daqui a um pouco menos de mil anos. Dessa forma, através da Inteligência Artificial, foram criadas previsões de como diversos países do planeta Terra no ano 3000.

Nas imagens, o Brasil parece estar representado pela cidade do Rio de Janeiro, com arranha-céus em meio à diversas formações rochosas.

À primeira vista, as imagens demonstram cidades futurísticas cada vez mais verticalizadas, quase místicas, cheias de luzes LED ou similares, cúpulas de vidro, veículos voadores desconhecidos e arquiteturas que podem soar como impossíveis para a nossa atual tecnologia.

Alguns países experimentam um mix entre modernidade, eficiência e meio ambiente. Já outros quase não contam mais com o verde das matas. Se as previsões estão no caminho certo ou não, só o tempo – no ano 3000 – poderá responder.

Advertisement

Veja as imagens das previsões de outros países:

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Inteligência Artificial prevê como será o Rio de Janeiro daqui a mil anos
Advertisement

21 COMENTÁRIOS

  1. A inteligência Artificial varia conforme seu algoritmo, se nós humanos não conseguimos prever isso, imagina uma máquina. E mais, uma imagem sem muita explicação com falhas de preenchimento. Quem se deixar levar por esse tipo de predicação de máquina somente acredita em ilusão.

  2. Eu prefiro o futuro que todos tenham Árvores gigante e que nos podemos nos adaptar a natureza sem precisar de destruir o planeta,e uma energia cyber Tesla,e tirar a tecnologia de Cyberpunk que temos agora assim todo ficaria melhor.

  3. Eu prefiro o futuro que todos tenham Árvores gigante e que nos podemos nos adaptar a natureza sem precisar de destruir o planeta, e uma a energia cyber Tesla, e tirar tecnologia de Cyberpunk que temos agora assim todo ficar melhor

    • Esse cenário está ultrapassado,pois parece do filme Blad Runner,creio q haverá muitas mudanças climáticas e tecnológicas,e achei muito interessante os comentários de José Roiteberg”De onde tiram tantos carros voadores”e Carlos Henrique Pereira “De onde surgiram essas formações rochosas?”kkkk

  4. A IA pisou na bola. Ela não deve saber do antigo projeto de aterrar a baía da Guanabara toda para criar uma nova mega cidade lá. De qualquer forma é um exercício válido e curioso. Me recordo de encontrar em minhas pesquisas, artigos, inclusive no Brasil, da década de 1910 de como seria o Rio no ano 2000. Sempre imaginaram carros voadores. É curioso isso. Uma das coisas curiosas é que teríamos na cidade caminhos aéreos (como o do Pâo de Açúcar em ligando praticamente todos os morros. Para quê? Ninguém sabe. Mas ficou legal nos desenhos da cidade do futuro. Da mesma forma que a IA imaginou leds daqui a mil anos, eles imaginavam muito mais luzes elétricas iguais as que eles tinham lá atrás. È dificílimo imaginar novos tipos de iluminação. Nos exercícios antigos nos EUA, dos anos 1920, o top era a construção de aeroportos circulares (como curvas inclinadas) apoiados em quatros grandes prédios. Vários em cada cidade.

  5. Acho o cenário descrito na série de filmes ‘Mad Max’ bem mais razoável de prever, dado o nível de consumo e destruição ambiental incessantes e sem sinal de atenuação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui