Investigada por nepotismo e funcionários fantasmas, Emusa exonera mais 11 pessoas

Empresa Municipal de Niterói é responsável por obras de saneamento e urbanismo na cidade da Região Metropolitana

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução internet

Após o Ministério Público instaurar inquérito para investigar a contratação de funcionários pela Empresa Municipal de Niterói (Emusa) mais 11 pessoas foram exoneradas do órgão nesta quinta-feira (4/05). A Emusa é responsável por obras de saneamento e urbanismo na cidade da Região Metropolitana

Em nota, a Emusa informou que as exonerações fazem parte do trabalho da Comissão de Gestão e Modernização. Segundo a instituição, a empresa tem cerca de mil funcionários em cargos comissionados quando deveria ter 300. O número foi determinado por uma lei municipal que diz como deve ser a administração da companhia.

O MPRJ pediu também que a Emusa não faça mais nenhuma nomeação de comissionados, mesmo que seja para substituir os exonerados. Mesmo assim, Jean Pierre da Costa Abreu foi nomeado para a empresa nesta quinta-feira.

Entre os exonerados nesta quinta, está Victor Almeida Knust Bravo é ex-candidato a vereador de Nova Friburgo. Ele foi candidato em 2020 e declarou, na ocasião, que morava na cidade da Região Serrana do Rio. Ele se declarou programador de computador.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Investigada por nepotismo e funcionários fantasmas, Emusa exonera mais 11 pessoas
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Afinal, quem designou antes teve processo, instruído de currículo declarações como de não haver vedações legais (inclusive nepotismo), documentos estes tem nas propriedades do arquivo como rastrear modificações, salvamento…

  2. Não tem apenas que demitir…
    Precisa devolver o que recebeu de vencimentos.
    Uma sugestão. Peçam informações sobre o número do processo que as designou e depois peçam consultar o processo. Às vezes pode pode ter um dado que leve ao “padrinho”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui