Jackson: Talita Sim, Ramagem Não

O estrategista político Jackson Vasconcelos defende que Talita Galhardo deveria ser a cabeça de chapa em uma eventual chapa para prefeitura do Rio com Alexandre Ramagem

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O deputado federal Alexandre Ramagem será candidato a prefeito do Rio, tendo Talita Galhardo, “eterna subprefeita de Jacarepaguá“, como a intitula meu amigo Quintino Gomes Freire, na posição de candidata a vice. Será? Pode ser e se isso acontecer, a chapa será competitiva na disputa contra Eduardo Paes, mas pouco inteligente e injusta, pois Talita tem no currículo dela o registro de bons serviços prestados ao Rio, enquanto Ramagem não.

O delegado é gente boa, pessoa elegante, de fino trato. Eu tive a satisfação de conversar com ele algumas vezes. Poucas, mas todas gratificantes. Ele cumpre o primeiro mandato na Câmara dos Deputados, aonde chegou com a credencial de ter a proteção de Jair Bolsonaro e do filho Carlos Bolsonaro, o polêmico. Só por isso. Na Câmara, o deputado Alexandre Ramagem destinou pouco tempo e nenhum trabalho à cidade.

Jair Bolsonaro e o filho Carlos, cá entre nós, não estão credenciados para indicar um candidato à prefeitura, pois também nada têm feito em favor da cidade e da gente que mora aqui, apesar das oportunidades que os cariocas lhes deram. Jair Bolsonaro foi vereador, deputado federal várias vezes consecutivas pelo Rio de Janeiro e Presidente da República com os votos da maioria dos cariocas. Carlos, o polêmico,  está no quinto mandato consecutivo na Câmara Municipal. Começou lá quase adolescente e lá está envelhecendo, mas com uma cabeça juvenil.

Só a situação criada pela polarização estúpida que divide a sociedade em duas seitas, uma liderada por Jair Bolsonaro e outra por Lula da Silva, justifica a candidatura de Alexandre Ramagem neste momento. Pode ser vitorioso por conta do arco de apoios que está colocado em torno dele? Até pode, mas é bom que os agentes políticos fiquem alertas para a possibilidade de os eleitores cariocas darem mais atenção aos problemas que a cidade vive do que aos arroubos de fanatismo que gasta o tempo das duas seitas.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

Em resumo: a se ter uma chapa para disputar a Prefeitura do Rio com a presença da Talita Galhardo, que se dê a ela a posição de titular, pois serviços prestados com peso suficiente para credenciá-la, ela tem. Já ressaltei isso em outros artigos publicados neste espaço. 

Desejo que o carioca, em 2024, tenha mais cuidado com a cidade.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Jackson: Talita Sim, Ramagem Não

Avatar photo
Formado em Ciências Econômicas na Universidade Católica de Brasília e Ciência Política na UNB, fez carreira com dezenas de cases de campanhas eleitorais majoritárias e proporcionais. É autor de, entre outros, “Que raios de eleição é essa”, Bíblia do marketing político.
Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Aí eu, moradora de Jacarepaguá te pergunto:

    Quem é Talita Gualhardo, gente?

    Bom, esse jornal fez campanha efusiva para o Cláudio Castro. Hoje tá aí, um estado com um governador fraco que fazem dele de gato e sapato.

    Se o jornal faz campanha pra essa Talita e um político da seita Bolsonarista, a sensatez é ignorar totalmente.

    • Também nem sei quem é essa mulher hypada aí por meia dúzia de pessoas. Qual é o trabalho e peso político dela?

      Financiada por quem?

      Acho difícil alguém ganhar do Dudu. Muita gente reclama mas dele mas qualquer memória do “diferente” bate aquela “saudade do ex”…

      Até o Freixo e galera do Psol se rendeu ao Dudu na época. Cair na ladainha de “analista político” faltando tanto tempo para eleições…Sempre é furada.

  2. Quem tem medo da Talita? Muita gente! Pela saída traumática da prefeitura, quase toda a concorrência não vai querer ela como candidata mesmo. Só não desclassifiquem o Ramagem apenas por ser desconhecido da cidade ou pela falta de serviço ao Rio. Muita cabeça coroada da política carioca com décadas de Congresso não ajuda, atrapalha e até defende outras unidades da federação em prejuízo do Rio. Pode ser uma dupla interessante, principalmente, se descolando das “seitas” como bem colocado no texto. Precisamos trazer novos ares para a Cidade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui