Justiça acata 2º pedido de recuperação judicial da Oi

Com a atual decisão, as execuções de dívidas da Oi ficam suspensas. A tele terá 60 dias para apresentar um cronograma de pagamento aos seus credores

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O juiz da 7.ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Fernando Viana, acatou, nesta quinta-feira (16), o segundo pedido de recuperação judicial realizado pela empresa de telefonia Oi.

Em 2016, a Oi fez o seu primeiro pedido de recuperação judicial, com R$ 65 bilhões em dívidas. Apesar da sentença de encerramento do processo ter acontecido em dezembro de 2022, a tele não conseguiu quitar os seus débitos, que ainda perfazem R$ 43,7 bilhões.

Com a atual decisão, as execuções de dívidas da Oi ficam suspensas. A tele terá 60 dias para apresentar um cronograma de pagamento aos seus credores, que são em grande parte investidores de títulos, agências de crédito e bancos.

Em seu despacho, Fernando Viana admitiu que, apesar de legalmente possível, é raro que um novo pedido de recuperação da mesma empresa ou grupo econômico seja permitido.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

As informações são do jornal O Dia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Justiça acata 2º pedido de recuperação judicial da Oi

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui