Justiça Federal absolve ex-mulher de Sérgio Cabral

Suzana Cabral foi acusada de ocultar valores que Sérgio Cabral teria recebido a título de propina

Susana Cabral ao lado do filho, o deputado federal Marco Antônio Cabral Foto: Reprodução do Facebook

A ex-mulher de Sérgio Cabral, Suzana Neves Cabral, foi absolvida pelo TRF-Rio. Em 2017, ela foi acusada pelo promotor Marcelo Bretas, de lavagem de dinheiro.

Nesta época, a Polícia Federal cumpriu mandado em dois endereços dela, em Araras (RJ) e São João Del-Rei (MG). A informação foi divulgada pelo jornalista Ancelmo Gois.

Suzana Cabral foi acusada de ocultar valores que Sérgio Cabral teria recebido a título de propina. Parte desses valores, ela teria recebido por meio da empresa Araras Empreendimentos Consultoria e Serviços .

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui