Ladrão que roubou ostensório da Igreja de São Francisco de Paula é solto pela polícia horas após ser preso

No último sábado, o criminoso invadiu a paróquia e roubou a peça sem ser incomodado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Homem que furtou ostensório na Igreja de São Francisco de Paula, no Centro do Rio - Foto: Reprodução

O ladrão preso pelo roubo do ostensório da Igreja de São Francisco de Paula, no Centro do Rio, foi solto horas depois de ser capturado pela polícia ainda na segunda-feira (06/11). Segundo o criminoso informou à polícia, ele teria levado a arte para trocar por comida. O homem foi preso pela Polícia Militar no final da tarde desta segunda-feira, na Avenida Presidente Vargas.

Ainda de acordo com ladrão, que foi identificado apenas como Raimundo, ele teria sido abordado por outros bandidos que teriam roubado a peça nos arredores da Central.

O padre da igreja, Álvaro Inácio, contou que o homem já está circulando nas imediações da paróquia e que foi liberado pelos agentes por ser réu primário. O padre acredita que o homem possa ter vendido a peça. O padre Álvaro Inácio informou que a segurança da igreja será reavaliada.

O caso aconteceu na tarde do último sábado (04/11), quando a Igreja de São Francisco de Paula foi invadida por dois moradores de rua e teve o tradicional ostensório furtado. O objeto litúrgico, feito de prata e bronze cravejado de crisólitas, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) do RJ e ficava numa vitrine de madeira que teve seu vidro destruído pelos criminosos. A igreja pertence à Irmandade de mesmo nome e é administrada pela própria arquidiocese.

Advertisement

No momento em que o homem entrou, a porta estava aberta, enquanto o local era preparado para um casamento.

O padre Álvaro Inácio disse que a peça não era mais utilizada nas celebrações. Mas, por ser muito bonita, ficava exposta numa galeria lateral, de onde foi levada. O templo foi invadido pelos ladrões no momento em que estava sendo preparado para uma cerimônia de casamento. As grades que o cercam estavam fechadas, mas a porta principal estava aberta.

O Iphan explicou que a peça furtada era parte de uma custódia — objeto onde se coloca a hóstia para a adoração dos fiéis — de liga metálica, com pedras semipreciosas, medindo 140 cm de altura por 44 cm de largura.

A peça é datada do século XIX e fazia parte do acervo da Igreja, tombado pelo Iphan em 1938 e inventariado em 2001. Ao furtar a custódia, os criminosos a quebraram, deixando sua base no adro da Igreja e levando apenas sua parte superior, onde fica o resplendor.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Ladrão que roubou ostensório da Igreja de São Francisco de Paula é solto pela polícia horas após ser preso
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Diga que foi por comida e comova todo mundo. Tem restaurante de 1 real na central, um monte de gente entregando quentinha (que as vezes são largadas cheias de arroz e feijão) em vários pontos do centro. Se ele pedisse pra multidão do centro, alguém fatalmente pagaria a famosa dupla salgado-refresco, nem que fosse aquele de 3 reis do Largo da Carioca. Deixa de K-Ô!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui