Lamsa distribui 500 antenas antilinhas para reduzir acidentes fatais com motos na Linha Amarela

A concessionária que administra a Linha Amarela promoveu uma ação para conscientizar sobre a importância da segurança no trânsito

Pedágio da Linha Amarela - Foto: Reprodução/TV Globo

A concessionária Lamsa, empresa que administra a Linha Amarela, distribuiu nesta quinta-feira (27/07) cerca de 500 antenas anti linhas de pipa para conscientizar sobre a importância da segurança no trânsito. A ação contou com a parceria da campanha Cerol Mata, das 14h às 17h, no recuo localizado antes da entrada do Túnel da Covanca, na pista sentido Fundão.

Somente nos seis primeiros meses deste ano, a Linha Amarela registrou um aumento de 51% no número de acidentes na comparação com o mesmo período de 2022. Entre janeiro e junho de 2023, foram 321 acidentes na via, contra 212 no mesmo período de 2022. Houve também o aumento das ocorrências envolvendo motos, diante do crescimento do fluxo de veículos na rodovia. Até junho de 2023, 80% dos acidentes fatais na Linha Amarela foram com motociclistas.

A empresa também desenvolveu um painel eletrônico de inteligência empresarial, que auxilia o monitoramento na Linha Amarela e agiliza a tomada de decisões na busca pela redução de ocorrências. Após análise dos dados, trechos com maiores índices de acidentes tiveram reforço na sinalização. Outra medida adotada foi a pioneira instalação de uma faixa azul, de 150 metros, próximo à Praça do Pedágio, para tráfego exclusivo de motos.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui