Laranjeiras sem as arquibancadas?

Por André Delacerda

90 anos de história cercam de encantamento este quase secular estádio, que deverá perder seu status em breve.

 

Como tricolor, fico feliz que o fluminense esteja profissionalizando cada vez mais a sua estrutura, porém, não concordo com a idéia de destruírem as arquibancadas, são a memória do clube. Em qualquer parte do mundo iriam preservá-las. Eu as vejo como as muralhas que fortalecem a identidade tricolor.

 

Ali reside a memória dos torcedores tricolores e cariocas, que viram dali a conquista do primeiro título da seleção brasileira, no campeonato sul-americano de 1919.

 

O local também inspirou o imortal Pixinguinha a compor umas das maiores obras musicais “Um a Zero”.

Fica aqui um apelo tricolor ao presidente Horcades para que não deixe se destruair as arquibancadas, pois são parte da memória futebolistica carioca e brasileira.

 

Que elas sejam preservadas como símbolo fortificante, de um passado histórico, e da modernidade que hora se implanta.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui