LBV e Geração UPP são homenageados no Prêmio Melhores do Ano das Artes Marciais

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Pelas ações em prol de projetos sociais que, através dos ensinamentos das artes marciais, têm um forte impacto na transformação social de comunidades do Rio de Janeiro, a Legião da Boa Vontade e a Super Rádio Brasil foram homenageadas no Prêmio Melhores do Ano das Artes Marciais, em cerimônia realizada na última segunda-feira (23), na Cidade das Artes Bibi Ferreira, na Barra da Tijuca.

Organizado pela Sindilutas, com o apoio da Prefeitura do Rio, da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e da Frente Parlamentar em Defesa das Lutas e das Artes Marciais, o prêmio destacou atletas, treinadores, mestres e instituições que representaram o Rio de Janeiro nos tatames ou que, através de ações, ajudaram a fomentar os esportes de combate na Cidade Maravilhosa.

“Como nos ensina o nosso presidente da LBV, o jornalista e educador José de Paiva Netto, ninguém faz nada sozinho. Se esse trabalho faz a diferença e é reconhecido por isso, é graças aos parceiros que vêm nos apoiando ao longo dessa jornada, como Prime Esportes, Boomboxe, TATAME, PVT, Tintas Nacional, Unisuam, Megabox, Governo do Estado, SUDERJ e as Secretarias de estado de Esporte e a de Polícia. Muito obrigado a todos e parabéns a toda equipe que organizou essa grandiosa premiação”, agradeceu Pedro Paulo Torres, diretor de relações institucionais da Super Rádio Brasil.

Ao todo, os projetos apoiados por LBV e Super Rádio Brasil atendem mais de 4 mil pessoas, entre jovens de comunidade e profissionais de segurança pública. Um dos principais é o Geração UPP, que também foi homenageado. Desde 2009, o programa ajuda a transformar a vida de moradores de comunidades através de policiais graduados em artes marciais que compartilham o conhecimento adquirido nos tatames para crianças e jovens. Atualmente, o programa conta com mais de 2.500 jovens atendidos.

Advertisement

“É uma honra muito grande poder representar a Polícia Militar e o Geração UPP, que hoje funciona em 27 comunidades, e os policiais militares que dão aulas diariamente para crianças dentro da comunidade, juntamente com a LBV, que é mais que uma grande parceira dos nossos projetos, é uma parceria fundadora. É gratificante poder mostrar o trabalho que a gente realiza nas comunidades diante de grandes nomes das artes marciais”, destacou o Major PM Vinicius Oliveira.

Ao longo desses 14 anos de projeto, foram conquistados títulos internacionais, incluindo um mundial, tanto nos EUA quanto em Abu Dhabi, inúmeros nacionais e estaduais. Inclusive, no início de novembro, oito atletas do Geração UPP viajam a Abu Dhabi para a disputa da Copa do Mundo de Jiu-Jítsu organizada pela federação local, que é uma das principais competições do calendário do da modalidade.

“Projetos sociais são de muita importância. De onde vem grandes atletas, grandes campeões, sempre tem projetos sociais por trás, então eu vejo com bons olhos. Espero que surjam mais e mais. Claro, primeiramente para formar cidadãos, que é o principal intuito, mas também campeões”, exaltou a lenda e membro do hall da fama do UFC José Aldo, que também foi um dos homenageados da noite.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp LBV e Geração UPP são homenageados no Prêmio Melhores do Ano das Artes Marciais
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui