Le Jardin Du Cuisinier, a verdadeira comida francesa na Barra

David Jobert é um mestre da culinária francesa e mostra isso em sua casa na Barra, o Le Jardin Du Cuisiner, no Village Mall

Stephan e David Jobert

Sou um grande fã da cozinha de David Jobert, famoso chef francês. Com mais de 35 anos de experiência, consegue se multiplicar e estar presente em suas 3 casas, o L’Atelier du Cuisinier, no Centro do Rio, Le Bistrot du Cuisinier, em Ipanema e o caçula, Le Jardin Du Cuisiner, no VillageMall, na Barra da Tijuca. Como é mais perto de casa, obviamente virou a minha favorita.

Como é habitual em seus restaurantes, o atendimento do Le Jardin é ótimo, apesar da falta de uma hostess causar um certo estranhamento no início. O local não estar lotado também, talvez por não ser uma casa de carnes como tanto gostam os moradores da Barra. Acho que a comida francesa assusta, devem achar que seja sofisticada, bobagem, apenas é deliciosa.

Esgargots a la Bourguignonne

A decoração do restaurante é de uma simplicidade chique, cercado de plantas, que também explica não ser lotado, no Rio de Janeiro a maioria prefere restaurantes instagramáveis. Isso, não importa o sabor da comida, o importante é que se possa tirar uma bela foto e colocar em suas redes sociais. O “Esgargots a la Bourguignonne” de Jobert é delicioso, talvez o melhor do Rio, e vem na casca do caramujo, coisa rara, só que isso não gera tantas curtidas como querem os influenciadores gastronômicos do Rio.

Para quem for conhecer a comida de Jobert, ou mesmo quem já conhece, o ideal é sempre pedir o menu surpresa. São sete passos, um mise en bouche, quarteto de mini entrada, uma delícia do mar, peixe a ma faço, carne ou aves, queijos e sinfonia de sobremesas. O preço, obviamente, é alto, R$ 280, mas se for comparado com outros restaurantes do mesmo nível não está fora do padrão, ao contrário.

Confit de Canard ao Molho de Amoras

Para quem não quiser ser surpreendido, ou esteja com menos apetite, o que vem sendo meu caso nos últimos meses, há o “Formulas” que oferece você comer por exemplo uma entrada ou sobremesa e prato principal por R$ 132, ou refeição completa por R$ 175. E como bom restaurante, são poucas escolhas, minha predileta é de entrada um “Ovo Meurette” e o “Confit de Canard ao Molho de Amoras“, finalizando com o “Gratin de Maçã“.

Da última vez, como estou em uma fase de pescados, pedi o “Peixe do Dia“, R$ 95, um Haddock Defumado, que vinha acompanhado de musselina de mandioquinha, legumes do momento e uma mini salada verde. Estava totalmente fantástico.

Agora espero voltar para comer um dos clássicos da casa, o “Verdadeiro Filé de Bouef Rossini“, R$ 175, servido com escalope de foie-gras e musselina de batata trufada. Mas esse terei de esperar sair da dieta que estou, é uma bomba de gordura em um estômago que só anda jantando poke diariamente…

Então, se estiver pela Barra, não deixe de conhecer o Le Jardin, vale para datas especiais e para qualquer outro dia.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui