Lei motiva ampliação e modernização de parque industrial de pescado na Baixada Fluminense

O investimento será de R$ 40 milhões e vai gerar mais de 150 empregos na região

Foto: Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro

A Frescatto Company, uma das três maiores empresas de pescado no Brasil, vai investir cerca de R$ 40 milhões na ampliação e modernização de sua fábrica em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Quando entrar em operação, a unidade irá criar mais de 150 empregos diretos na região.

O investimento foi motivado pela Lei Nº 9.556, que reduz a alíquota de ICMS sobre pescados, sancionada pelo governador Cláudio Castro, em janeiro desse ano. “O setor de pescado tem um grande potencial produtivo e a concessão do benefício fiscal foi justamente com o intuito de estimularmos a cadeia de produção e, assim, gerar empregos e renda para a população do nosso estado”, declarou o governador Cláudio Castro.

As obras de ampliação do parque industrial da empresa de pescados, em um terreno de 30 mil m², devem iniciar dentro de três meses e a previsão é de que o setor em expansão esteja em plena operação em meados de 2024.

Segundo o CEO da companhia, Thiago De Luca, a nova unidade reforça o compromisso da Frescatto com o Estado do Rio de Janeiro. “A unidade, mais moderna, dará a possibilidade de abrir novas áreas de negócios, com produtos destinados à exportação. Também garantirá mais competitividade, redução dos preços e, com isso, o crescimento do nosso mercado consumidor”, destaca De Luca.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui