N.E.: Um conto de Natal de SIlvana Vargas para desejar um Feliz Natal para todos os cariocas, fluminenses e brasileiros (ah, os gringos também)

Arvore de Natal da Lagoa por Pedroprio Era uma vez, um mês, um ano, um dia, uma casa, uma tia que ficou pra titia. Histórias e mais histórias. Rosazul era o vestido da princesa. O cavalo era branco. E azul os olhos do príncipe encantado. A história findava, minha tia se cansava. Então eu prosseguia: Rosazul, azulceleste, azulescuro, azulpink.

 

Na tal ponte do tempo, muita água passou. Meu vestido rosa encurtou. Minha tia se mudou pra um reino distante. Rosazul, Rapunzel, jogue-me suas tranças. Rapunzel jogou seus cabelos e veio a surpresa.A bruxa que, disfarçada, levou titia consigo. Era o vírus.

Desde então, rosazulando estou neste mundo. Espantada. Escrevendo histórias desencantadas. O mundo mudou, girou, piraram todas as fadas. Heróis em quadrinhos chegaram, sem pedir licença. Zé Carioca, Mônica, Cebolinha Batman e Robin. E o Homem Aranha, que em balões ou legendas nunca bate, só apanha.

 

Me sobraram muitas memórias. Mas não são escuras. E são doces como balas de leite da confeitaria Colombo, onde titia sempre me levava para um lanche na semana do Natal.

 

Hora boa de lembrar. No céu antigo da Rua Gonçalves Dias, lanternas vermelhas tentavam incendiar todo o universo. Papai Noel em seu trenó em parada triunfal, antecedido pelo Mickey e sua turma. Nessa hora eu desejava ter a irreverência da Emília e sonhava casar com o príncipe das Águas Claras. Titia sempre dizia que noite de sinos e Missa do Galo era sinal de dia de muito sol. Só acertava. Era batata. Titia não se afligia em encontrar palavras difíceis.

 

Eu é que nem via meu vestido rosazul cada vez mais curto, mais curto, rosazulando em outra menina, rodopiando no vazio do eco das histórias. Inacabadas.

 

Assim, no Reino dos Céus Distantes, titia deve estar contando suas histórias pra anjos embevecidos. Anjos de olhos compridos e vestes rosazuladas. Anjinhos papudos de tanto comer bala de leite. Conectados.

E fazendo torneio virtual para arejar o sistema celeste.

 

Foto: Árvore de Natal da Lagoa por Pedroprio

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui