Levantamento do ISP aponta queda nos índices criminais do Rio em 2023

Roubos de rua apresentaram o menor número de casos dos últimos 18 anos. Crimes contra a vida, furtos de cargas e veículos também sofreram declínios em janeiro

imagem ilustrativa - CC0 Domínio público

Um levantamento do Instituto de Segurança Pública (ISP) revelou que no primeiro mês de 2023, janeiro, os roubos de rua – roubo a transeunte, coletivo e roubo de aparelho celular –  diminuíram 9% no Estado do Rio de Janeiro. Foram 4.660 casos em janeiro, contra 5.111 no mesmo período de 2022 – ou seja, menos 451 roubos. Este foi o menor valor para o indicador desde 2005.

Os roubos de cargas e veículos também sofreram declínios no mês, de 13% e de 3%, comparado ao mesmo período de 2022.

“A redução dos roubos de rua impacta diretamente no aumento da sensação de segurança da população. E é para isso que estamos trabalhando e investindo nas forças de segurança, para termos um Rio cada vez mais seguro para quem mora e trabalha no nosso estado”, destacou o governador Cláudio Castro.

A produtividade policial apresentou números muito importantes no primeiro mês de 2023. Por dia, cerca de 20 armas de fogo foram retiradas das mãos dos criminosos; 100 pessoas foram presas em flagrante pelas polícias estaduais diariamente e cerca de 39 veículos foram recuperados por dia.

Nos crimes contra a vida, o homicídio doloso (intencional) caiu 1% em janeiro deste ano e a letalidade violenta – que inclui homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção de agente de estado – 0,3%. Estes foram os menores valores para o mês de janeiro dos últimos 32 anos, quando se iniciou a série histórica.

Para a diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz, os números positivos no enfrentamento aos crimes contra o patrimônio são resultado de uma maior integração do trabalho realizado pelas forças de segurança do estado. “Os esforços contínuos da Polícia Civil e da Polícia Militar são os grandes responsáveis pela queda nos crimes contra o patrimônio e também pelo aumento da produtividade policial. As diminuições expressivas mostram que o Rio está no caminho certo”, afirmou.

Números

Homicídio doloso: 252 vítimas em janeiro de 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou redução de 1%. Este foi o menor valor para o mês desde 1991.

Letalidade violenta (homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção de agente do estado): 363 vítimas em janeiro de 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou redução de 0,3%. Este foi o menor valor para o mês desde 1991.

Roubo de carga: 315 casos em janeiro de 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou redução de 13%. Este foi o menor valor para o mês desde 2012.

Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 4.660 casos em janeiro de 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou redução de 9%. Este foi o menor valor para o mês desde 2005.

Roubo de veículo: 1.816 casos em janeiro de 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou queda de 3%. Este foi o menor valor para o mês desde 2012.

Os dados divulgados pelo ISP são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de janeiro.

Informações do portal O Dia.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui