Light repassa R$ 100 mil ao Fundo de Defesa do Consumidor para ressarcir moradores da Ilha do Governador e Paquetá

Valor faz parte do acordo de indenização firmado entre a concessionária e a Defensoria Pública para os usuários que ficaram sem luz entre 12/1 e 29/02

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Agência Light (Foto: Reprodução)

A Light vai repassar R$ 100 mil ao Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, da Secretaria de Cidadania da Prefeitura do Rio, como compensação coletiva pelas falhas na prestação de serviços na Ilha do Governador, na Zona Norte, e na Ilha de Paquetá.

O repasse é resultado de um acordo firmado entre a concessionária e a Defensoria Pública fluminense para indenizar os usuários afetados. O Fundo Municipal de Defesa do Consumidor é administrado pelo Procon Carioca.

Os moradores das duas regiões passarem por diversos transtornos gerados pela falta de energia elétrica entre os dias 12 de janeiro e 29 de fevereiro deste ano. A Light alegou que os problemas foram resultado das intervenções feitas pela companhia para implementar melhorias no sistema de distribuição de energia na região.

No acordo firmado, os usuários regulares, ativos e adimplentes que foram afetados pela falta de luz por mais de quatro serão beneficiados com um desconto único de 15% sobre o valor total do consumo registrado na fatura ou na leitura do mês imediatamente seguinte à homologação do termo na Justiça.

Advertisement

A Light também se comprometeu a disponibilizar uma agência móvel, na Ilha do Governador, até 30 de abril, para atender às demandas da população afetada, o que inclui ressarcimentos por danos elétricos. O serviço será oferecido, das 9h às 17h.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Light repassa R$ 100 mil ao Fundo de Defesa do Consumidor para ressarcir moradores da Ilha do Governador e Paquetá
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui