Limitação de passageiros no Santos Dumont em prol do Galeão será oficializada nesta quarta

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, assinará portaria que tende a melhorar fluxo no Aeroporto Internacional Tom Jobim

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fachada do Aeroporto Santos Dumont - Foto: Rafa Pereira/Diário do Rio

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, assina, nesta quarta-feira (08), a portaria que limita em aproximadamente 6,5 milhões a quantidade de passageiros por ano no Aeroporto Santos Dumont (SDU), na região central do Rio de Janeiro. A nova decisão, válida a partir de janeiro de 2024, será publicada no Diário Oficial da União desta quinta (09).

Com isso, ficará revogada a norma que entrou em vigor no último mês de agosto restringindo a uma distância máxima de 400km os voos que decolam e pousam no SDU.

A resolução, negociada pelo Ministério de Portos e Aeroportos com a Prefeitura do Rio, o Governo do Estado e empresas aéreas, visa reverter o esvaziamento do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), cujo volume de passageiros diminuiu de 17 milhões em 2014 (primeiro ano da atual concessão) para menos de 6 milhões em 2022.

Em contrapartida, o Santos Dumont recebeu, na última década, um fluxo de 10 milhões de passageiros anuais.

Advertisement

Para Wagner Victer, colunista do DIÁRIO DO RIO, a nova quantidade de pessoas circulando anualmente pelo Santos Dumont é satisfatória e de suma importância para que o Galeão volte a seus melhores dias.

”O número de 6,5 milhões de passageiros no SDU é bem razoável e acima até do movimento previsto da ponte aérea Rio-SP. Um avanço para a revitalização do Galeão. Importante também observar as restrições da licença ambiental do número de decolagens e pousos por hora, que, aparentemente, não estão sendo observadas”, frisou.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Limitação de passageiros no Santos Dumont em prol do Galeão será oficializada nesta quarta
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui