Papo de Talarico: Livro ‘Duas Ilhas’ ilustra uma amizade diferente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Guilherme Semionato lança Duas ilhas pela FTD Educação
(divulgação/FTD Educação)

Assim que recebi o livro “Duas Ilhas” fui imediatamente impactado por suas dimensões. Medindo 20,5 cm por 27,5 cm poderia ser apenas mais um livro grande em tamanho, mas era maior. Sem querer me aprofundar excessivamente no aspecto esotérico, porém, sabendo que sou um jornalista cultural com certa inclinação a explorar diversas abordagens, posso afirmar que esta obra exala uma energia singular.

A princípio, a capa, desenhada de maneira excepcional por Zansky, captura imediatamente a atenção: vemos o protagonista João entre dois vulcões em meio a uma vegetação exuberante, enquanto um degradê sutil transita das tonalidades laranja ao vermelho e lilás ao fundo. Ou seja, como deve ser, a capa, em si, já é uma perfeita porta de entrada para o que está por vir.

Na capa, impressiona a profundidade nos olhos de João, complementada por um sorriso encantador, que dá uma prévia do conteúdo que encontraremos adiante. A medida que o livro foi aberto, deparei-me com um suplemento de leitura especialmente projetado para estudantes, contendo questões instigantes, destinadas a provocar reflexões. Devo destacar esse suplemento, bem elaborado por Bruna Ferrari Faganello, que despertou em mim o desejo de ver este livro não apenas nas prateleiras, mas também nas salas de aula, nas mãos de muitas crianças. Embora inicialmente recomendado para maiores de 9 anos, a interpretação dos pais pode permitir que crianças um pouco mais jovens desfrutem dessa história encantadora.

Redemoinho

De fato, a narrativa possui uma ludicidade cativante, e confesso que fiquei com uma pontada de nostalgia, desejando ter tido a oportunidade de ler este livro quando era um garoto, na época em que meus cabelos eram uma cascata de crespos ondulados, lindamente encaracolados. Porém, naquela época, minha realidade se transformou quando me mudei de Madureira, onde esse tipo de cabelo era comum, para a Tijuca, onde enfrentei o peso do bullying e a pressão para raspar o cabelo, que era chamado de “ruim” naquele contexto, algo que me feria na época.

Advertisement

Entretanto, ao folhear as páginas deste livro, logo na segunda página da história, a nona da paginação oficial, as palavras habilmente tecidas por Guilherme Simionato me envolveram. A descrição de João como nascido com “maresia nos olhos” e “redemoinho no cabelo bem ondulados, como se abrigasse recifes de corais”, é uma metáfora de beleza única que instantaneamente ressoou em mim.

Duas Ilhas

O livro é dividido em duas partes, “Ilha Verde” e a “Pequena Ilha”. Em certa medida, ele se assemelha a dois livros distintos em um só. A primeira parte é preenchida por alegria pura e otimismo, enquanto a segunda adentra temas mais densos e desafiadores, especialmente em relação ao luto, amizade e esperança. Aqui, as ilustrações excepcionais de Zansky desempenham um papel vital, fundindo-se harmoniosamente com as belas palavras de Guilherme Simionato. Um exemplo notável ocorre nas páginas 36 e 37, onde uma ilustração profunda e comovente complementa perfeitamente o texto, evocando emoções intensas.

O livro “Duas Ilhas” é uma experiência literária que explora uma gama de emoções e temas de maneira eficiente e poética. Com sua combinação de narrativa envolvente e ilustrações impactantes, nos convida a mergulhar em uma jornada que vai além das palavras, fazendo refletir sobre as complexidades da vida e da experiência humana.

“Como se abraça um vulcão, uma coisa enorme? Exatamente como se abraça uma pessoa magrinha: apenas jogando os braços, pegando tudo e trazendo mais para perto.” (trecho de “Duas Ilhas”, página 55)

Sendo assim, leia “Duas Ilhas” com filhos, netos, sobrinhos, afilhados, com quem der vontade, e abrace muito.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Papo de Talarico: Livro 'Duas Ilhas' ilustra uma amizade diferente
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Papo de Talarico: Livro 'Duas Ilhas' ilustra uma amizade diferente
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui