O “lugar do Rio que (quase) ninguém conhece” dessa semana é o Centro Coreográfico do Rio de Janeiro na Tijuca inaugurado em 2004.

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketClique nas imagens para ver maior.

Veja um relato do site Arcoweb

O Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, desenhado pelos arquitetos Luiz Antônio Rangel e Ricardo Macieira, ocupa parte das instalações de uma antiga fábrica de cerveja. O projeto conservou a imagem externa da edificação, considerada um marco na memória da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.

A solução concentra as intervenções nos interiores, para adequá-los às especificações do novo programa.

O centro, dedicado ao estudo e pesquisa da dança, promove intercâmbios com artistas e especialistas, forma bailarinos, coreógrafos e diretores, além de produzir espetáculos.

O espaço de 3800 metros quadrados é composto por
salas de dança e ensaio; centro de memória com biblioteca, videoteca e bancos de dados; sala de múltiplo uso, para conferências, seminários etc.; apartamentos para visitantes; sala de exposições/galeria de arte; loja de material de dança, café, auditório para 300 pessoas e administração/serviços. O programa foi acomodado na totalidade do segundo ao sexto andares.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Mais um lugar do Rio que vale a pena visitar…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui