Magé recebe pré-conferência para restauração da Baía de Guanabara

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

A Baía está viva e pede socorro. Esse foi o tema da Pré-Conferência Participativa da Baía de Guanabara em Magé, realizada no último sábado (26/08) no Magé Tênis Clube. O evento foi organizado pelo Movimento Baía Viva, com apoio da Prefeitura através da Secretaria de Meio Ambiente e reuniu autoridades, líderes comunitários, especialistas, conselheiros e sociedade civil.

A Prefeitura tem uma responsabilidade que é primordial no nosso município e a determinação é que a gente realmente cuide da nossa região. Estamos participando dessa conferência justamente para aproximar a sociedade civil organizada para debater como cuidar da nossa Baía de Guanabara e fazer um processo de educação ambiental na nossa cidade”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Carlos Henrique Lemos.

A Pré-Conferência é parte do processo de mobilização social para a I Conferência Participativa por um Plano de Restauração da Saúde Ambiental Integrada da Baía de Guanabara na Década do Oceano (PRAI-BG 2023-2030) que será realizada em 30 de setembro. Foram abordados temas como segurança alimentar, agrofloresta, agricultura familiar e pesca artesanal, planejamento urbano-territorial, saneamento ambiental, turismo e governança do Baixada Verde.

A ideia é debater as políticas públicas prioritárias para o município, porque se Magé avançar na qualidade de vida da sua população dará uma grande contribuição na restauração da Baía de Guanabara. O conjunto de propostas das 15 pré-conferências será oferecido ao poder público e às empresas para um plano de restauração da Baía de Guanabara”, enfatizou Sérgio Ricardo, fundador e coordenador do Movimento Baía Viva.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Magé recebe pré-conferência para restauração da Baía de Guanabara
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui