Reconhecimento Facial
Foto: Mike MacKenzie Imagem via www.vpnsrus.com

A tecnologia é uma coisa incrível! Ontem, 20/8, guardas municipais e policiais militares a serviço do Programa Rio+Seguro, capturaram em Copacabana, mais 1 foragido da Justiça identificado por meio do programa de reconhecimento facial do Governo do Estado, que conta com monitoramento de câmeras do bairro. Esta é a 3ª prisão feita pelo Rio+Seguro com o auxílio da ferramenta em apenas uma semana.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Marcos Vinicius Moreira Peixinho, de 33 anos, foi capturado na Rua Sá Ferreira com Avenida Nossa Senhora de Copacabana. Após informação passada pela central do monitoramento facial, a equipe de PMs e GMs realizou o cerco para capturar o suspeito, que foi conduzido para a 13ª DP (Ipanema), onde a autoridade policial confirmou o mandado em aberto. Com esta prisão, o Rio+Seguro contabiliza 145 foragidos da Justiça capturados em Copacabana e Leme.

Histórico – As outras prisões por reconhecimento facial aconteceram nos últimos dias 14 e 15. Julio Cesar Machado, de 37 anos, foi detido na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, altura do nº 1.162. Contra ele, constavam 3 mandados de prisão em aberto. Já Adriano da Silva, de 26 anos, foi preso na Avenida Atlântica, próximo à Rua Xavier da Silveira, com mandado de prisão por roubo majorado. Ele possuía outros antecedentes criminais, entre eles 2 por tráfico de drogas e 1 por dirigir sem habilitação. As duas ocorrências também foram registradas na 13ª DP.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui