Mais de 3 mil aposentados e pensionistas do Estado do Rio nascidos em março estão com prova de vida atrasada

Para que o beneficio não seja, definitivamente, cortado é preciso a realização da prova de vida até o dia 25 de março

Foto: TV Prefeito

No Estado do Rio há mais de 3,7 mil servidores inativos e pensionistas nascidos em março que não realizaram a prova de vida anual dentro do prazo, entre 11 e 25 de março. A lista com os nomes dos 3.774 faltantes foi publicada pelo Rioprevidência no Diário Oficial de sexta-feira, (13/05), e representa cerca de 21% de um universo de 17.934 beneficiários.

Para não ter o benefício cortado, os aposentados e pensionistas têm até o fim de maio para ir a uma agência do Bradesco munidos de documento de identificação, CPF e comprovante de residência para a realização da prova de vida. Caso contrário, a renda mensal já será suspensa em junho.

O valor será restabelecido se voltar para regularizar a situação até seis meses após o fim do prazo, ou seja, até outubro. Se no intervalo o interessado não comparecer para fazer a atualização cadastral, o benefício será suspenso em definitivo. Somando os meses de janeiro, fevereiro e março, 9.239 beneficiários estão com os pagamentos atrasados.

Site: https://www.rioprevidencia.rj.gov.br/PortalRP/index.htm

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui