Mais de 4 mil mulheres se formam em cursos gratuitos da Prefeitura do Rio

Formandas concluíram cursos voltados a áreas como administração, comércio, cuidados, culinária, empreendedorismo, indústria, tecnologia, entre outras

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Formatura de mulheres em cursos da Prefeitura do Rio - Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio de Janeiro realizou, neste sábado (23/09), no Espaço Hall, Zona Oeste da capital fluminense, a formatura de 4 mil alunas das Casas da Mulher Carioca e do programa Mulheres do Rio.

A operadora de telefonia Tim disponibilizou 2 mil chips para as alunas, com livre acesso ao aplicativo Mulheres Positivas. Durante o evento, comandado pela Secretaria de Políticas e Promoção da Mulher, as formandas receberam seus respectivos certificados, além de serem realizados sorteios de brindes com empresas como Kuba, L’Óreal, Sapatella e Sonho dos Pés.

Para a secretária Joyce Trindade, promover oportunidades para as mulheres é contribuir com o desenvolvimento de uma cidade sustentável.

”Formamos mais de 4 mil mulheres na nossa grande formatura. Foram milhares de pessoas reunidas para celebrar a conquista e a realização dos sonhos das mulheres cariocas. Isso reflete a importância de investir nas nossas mulheres, pois quando uma mulher tem a vida transformada, transforma gerações. A nossa cidade está sendo pensada para que todas as mulheres possam realizar os seus sonhos, ter comida na mesa, dignidade, trabalho e os seus filhos criados”, disse.

Advertisement

Tânia Ferreira, de 57 anos, concluiu o curso de Operações de Logística, pelo programa Mulheres do Rio. Ela afirma que ”lugar de mulher é onde ela quiser”.

”Essa oportunidade é de extrema importância, pois a maior parte da população carioca é composta por mulheres, em sua maioria donas de casa, de baixa renda, que nunca tiveram oportunidades e precisaram estar à frente da família. Por um tempo a sociedade determinou que algumas profissões não eram lugar de mulher. Mas não é verdade, estamos vendo que a mulher pode trabalhar tanto na construção civil, quanto na indústria e no comércio. Nós ocupamos os espaços da melhor maneira possível. O que está acontecendo hoje é um exemplo disso para as futuras gerações e isso vai fazer um efeito de transformação”, destacou.

Já Franciele Vanderlei, de 40 anos, se formou no curso de Estética Facial, na Casa da Mulher Carioca Elza Soares. Para a formanda, essa oportunidade veio para abrir caminhos.

”Esse curso veio para transformar a minha vida, melhorar a minha renda familiar, ver as minhas escolhas sob uma nova perspectiva. Foi muito gratificante na minha vida. Hoje foi um dia de muitas emoções, essa formatura que fizeram pra gente foi linda e mexeu com todas nós”, afirmou.

As alunas se formaram em cursos voltados a áreas como administração, comércio, cuidados, culinária, empreendedorismo, indústria, tecnologia, entre outras.

Projetos

As Casas da Mulher Carioca são espaços de promoção e de enfrentamento à violência contra o público feminino. Além de cursos e oficinas para capacitação, as Casas oferecem orientação jurídica, psicológica e encaminhamento para serviços da Assistência Social.

O programa Mulheres do Rio, por sua vez, atua no eixo da autonomia econômica para o público feminino carioca a partir de capacitação profissional, visando impulsionar a empregabilidade em todo a capital fluminense. Desde 2021, a Secretaria da Mulher já capacitou mais de 120 mil mulheres.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Mais de 4 mil mulheres se formam em cursos gratuitos da Prefeitura do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui