Mais de 400 envolvidos em golpes de empréstimo foram presos em 2023

Polícia Civil informa que esses ‘escritórios do crime’ funcionam como call center para enganar vítimas com baixo grau de instrução, pensionistas e aposentados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Em 2023, mais de 400 pessoas foram presas, pela Polícia Civil, por aplicarem golpes do empréstimo consignado em aposentados e pensionistas no estado do Rio de Janeiro. De acordo com delegado da 19ªDP (Tijuca), Hilton Alonso, as distritais recebem diariamente registros de ocorrências sobre esses “escritórios do crime”, que funcionam como espécie de call center para enganar as vítimas.

“Esses golpes têm sido uma prática muito comum no estado do Rio, tendo como vítimas, principalmente pessoas idosas com baixo grau de instrução, pensionistas e aposentados, pessoas vulneráveis e que dependem de valores para sobreviver e, muitas das vezes, sustentar suas famílias que deles dependem”, disse o delegado Alonso.

De acordo com as investigações, geralmente os criminosos se disfarçam de operadores de telemarketing, entram em contato com as vítimas informando que um crédito consignado foi contratado por elas e está disponível para saque. Quando a pessoa diz não ter solicitado o empréstimo, ela recebe orientações do falso atendente para cancelar o pedido. Inclusive, algumas das vítimas, após conversas, enviavam os seus documentos pessoais pelo WhatsApp.

Para se prevenir contra esse tipo de crime, algumas medidas são recomendadas pela Polícia. Como:

Advertisement

Leia também

RJ continua com previsão de chuva nesta quinta-feira

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Se você não solicitou a proposta de empréstimo, questione por que a atendente o procurou e como obteve seus dados pessoais;

No golpe do empréstimo falso, os criminosos aplicam valores abaixo do mercado. Nesse caso, desconfie. Se a negociação for muito vantajosa ou com taxas de juros pouco praticadas no mercado, acione o alerta vermelho e não avance;

Consultar mais informações sobre a empresa antes de solicitar o dinheiro. Caso confirme que realmente a pessoa representa uma empresa constituída com CNPJ, endereço e atendimento ao público, pesquise em sites, como o Reclame Aqui e do Procon, como é a percepção dos consumidores sobre a prestação de serviço;

Dê preferência a empresas já consolidadas no mercado;

Não realize qualquer depósito ou transferência, como condição para receber qualquer valor. Nenhuma instituição confiável solicita antecipação para liberar o dinheiro;

Não aceite pagar as parcelas do empréstimo em contas de pessoas físicas;

Não compartilhe os seus dados pessoais;

Denuncie imediatamente ao perceber que foi vítima de um golpe.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Mais de 400 envolvidos em golpes de empréstimo foram presos em 2023

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui