Mais de 50 toneladas de lixo foram removidas da área interna da Passarela do Samba

Desde a pré-limpeza da Passarela, nos dois dias que antecederam a abertura oficial, a quantidade removida soma 89,6 toneladas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem apenas ilustrativa | Foto: Gustavo Domingues

A primeira noite de desfile no Sambódromo das Escolas da Série Ouro acumulou 53,3 toneladas de lixo na área interna da Passarela do Samba. A limpeza na área externa acumulou 8,1 toneladas de resíduos, totalizando 61,4 toneladas.

Desde a pré-limpeza da Passarela, nos dois dias que antecederam a abertura oficial, a quantidade removida soma 89,6 toneladas, sendo 83,3 toneladas de lixo orgânico e 6,3 toneladas de materiais potencialmente recicláveis. A operação de limpeza no Sambódromo teve início às 6h de sexta-feira (17/02).

Já nos blocos, desde o início do pré-carnaval, em 04/02, a Comlurb já recolheu 183,4 toneladas de resíduos, sendo 12,4 toneladas nas agremiações desta sexta-feira (17/02).

Os blocos que registraram mais pesos foram o das Carmelitas, em Santa Teresa, quase quatro toneladas, e Senta que eu empurro, no Catete, com três toneladas. As equipes do Lixo Zero aplicaram desde então 355 multas, sendo 194 por descarte de pequenos resíduos, no valor de R$273,09, e 161 por pessoas urinando em via pública, R$ 748,21.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Comlurb mobilizou para este Carnaval até 3.657 garis por dia. Para a limpeza interna do Sambódromo são até 889 garis diariamente, com o apoio de 21 veículos, sendo 14 caminhões compactadores, quatro basculantes, dois minibasculantes e uma pipa d’água para lavagem da pista com água de reuso. Outros 34 equipamentos estão sendo utilizados: 20 sopradores, 12 minivarredeiras e duas caixas compactadoras.

A Comlurb está fazendo o recolhimento dos materiais potencialmente recicláveis na Passarela do Samba, com exceção de latinhas, a cargo de uma cooperativa. Para o serviço de coleta seletiva são 22 garis. Outros 20 estão atuando na limpeza dos sete postos de saúde da Marquês de Sapucaí. Foram instalados 800 contêineres de 240 litros para o descarte correto dos resíduos.

Na área externa, incluindo Terreirão do Samba, são até 145 garis por dia com apoio de dois caminhões compactadores. Foram instalados 100 contêineres de 240 litros. A Avenida Ernani Cardoso, a chamada Nova Intendente, conta com até 131 garis diariamente, atuando com o apoio de seis caminhões compactadores, uma varredeira de grande porte e duas minivarredeiras. Em toda a área, a Comlurb colocou 200 contêineres de 240 litros.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Mais de 50 toneladas de lixo foram removidas da área interna da Passarela do Samba

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui