Distrito de Arte do Porto - Foto: Rafa Pereira / Diário do Rio

A Zona Portuária do Rio de Janeiro está ficando cada vez mais bonita, o projeto Distrito de Arte do Porto já nasce como um ponto obrigatório de turismo do Rio de Janeiro. Nesta primeira fase, o público poderá conferir mais de 11.000m² de arte em muralismo, graffiti, stencil, lambes e poesia, e, outros em execução, já que os trabalhos estarão em constante transformação através de outros projetos que serão lançados em outras  fases.

No local há obras como da artista Nadi, @NadiGraffiti: em homenagem ao samba com Beth Carvalho e Arlindo Cruz intitulada de “O último dueto”. Já o painel feito pela artista Juliana Fervo, @julianafervo,reforça a liberdade profissional das mulheres, tendo como ilustração uma mulher que trabalha no setor petrolífero, levantando a discussão sobre equidade de gênero no mercado offshore.

A minha participação no projeto como artista foi fazendo o segundo painel, homenageando Beth Carvalho e Arlindo Cruz. A Beth, que é conhecida como madrinha do samba, e o Arlindo, que é um grande poeta, como se fosse o último dueto entre eles, eternizando de alguma forma esta linda parceria. Além disso, sou um dos curadores do projeto, convidando outros artistas e auxiliando na organização, para entender como esses artistas podem interagir, como as artes podem conversar e que fique harmonioso. O que mais me comove é a retomada da arte para trazer cor e vida aquele local e, por ela ser uma arte de rua, combina muito bem com esse ambiente e a realização do Fórum de Arte Urbana que trará discussões sobre o mercado aqui no Rio sobre o graffiti”. – Daniel Nadi curador do projeto.

Já o artista ACME, @universoacme. ilustra histórias das comunidades do Pavão, Pavãozinho e Cantagalo, além do mural com os líderes do movimento negro realizado; Airá OCrespo, @AiraOcrespo, apresenta o mural “Leite Derramado”, onde o artista expõe a desigualdade social com uma imagem que abre um debate para diversas interpretações e discussões sobre a dinâmica da nossa sociedade desde os tempos coloniais. Uma pintura com caráter emocional, que traz a amamentação, mas que provoca profundas reflexões para quem tem o prazer de encontrá-la na rua.

O projeto é uma idealização do Núcleo de Ativação Urbana, que explora espaços, territórios e cidades a partir da visão de empreendedorismo, economia criativa, inovação e desenvolvimento social. “É uma realização construir um grande corredor cultural que abriga, a céu aberto, diversos murais pintados e grafitados, majoritariamente, por artistas urbanos locais. Com o espaço, queremos promover a economia local, enriquecer culturalmente a comunidade que vive no entorno e transformá-lo num atrativo ponto turístico na cidade“, planeja Hiroshi Shibuya, CEO do Núcleo de Ativação Urbana.

Vários outros artistas, como Ananda Nahu, @anandanahu e Marcelo Ment, @marceloment, ilustram o Distrito com temas que envolvem as causas sociais, machismo estrutural e equidade, em meio ao desenvolvimento de metrópole na região, o distrito busca, através da arte, criar ambientes mais humanizados, gerando convivência, integração e desenvolvimento social melhorando a qualidade de vida dos moradores e das pessoas que habitam a região. Além desta diversidade, há muitas ações de revitalização programadas nos bairros do Santo Cristo e no Morro da Providência, além de ações de desenvolvimento e impacto social.

O Porto Maravilha tem uma vocação para a Arte Urbana cada vez mais forte e presente. E nós queremos consolidar a área como o maior hub de arte do Brasil. O Distrito de Arte do Porto vem em completo alinhamento com a cidade – especialmente o Porto – que queremos: um bairro vivo, com pessoas morando, trabalhando e cheio de cultura e atrações para cariocas e turistas frequentarem” -afirma Gustavo Guerrante, presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp).

O Shopping Paço do Ouvidor é referência no Centro do Rio. Passa no Paço

Serviço:

A visitação no Distrito de Arte do Porto estará aberta para visitações à partir do dia 8 de outubro e fica no Passeio Ernesto Nazareth, entre a Rua Professor Pereira Reis com a Avenida Cidade de Lima em um ambiente totalmente instagramável e próximo de várias atrações do Porto como a Rio Star, AquaRio, Casa Porto e Destrave Bar. Próximo à estação do VLT Pereira Reis.

1 COMENTÁRIO

  1. Imagino a beleza artística, impactante, contida nesses paineis a exemplo de “O Leite Derramado”. Gostaria muito de contribuir com essa iniciativa numa exposição a céu aberto, registrando-se no local, algum tema reflexivo sobre meu carinho e respeito, tipicamente mineiros, à essa Cidade Maravilhosa.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui