Manutenção que deixaria Rio e Baixada Fluminense sem água é adiada novamente

Para evitar maiores prejuízos à população, a Cedae remarcou a ação para o dia 30 de novembro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto de Nithin PA: https://www.pexels.com/pt-br/foto/foto-de-close-up-de-gota-d-agua-2583028/

A onda de calor intenso e os fortes temporais que atingiram a Região Metropolitana do Rio de Janeiro fizeram a Cedae a adiar mais uma vez a manutenção anual do Sistema Guandu. Diversas regiões do estado sofreram com oscilações no fornecimento de energia elétrica, o que afetou diretamente a distribuição de água por parte das concessionárias.

Para evitar maiores prejuízos à população, a Cedae, seguindo a deliberação do Conselho do Sistema de Fornecimento de Água da Agenersa, remarcou a ação para o dia 30 de novembro. O serviço será realizado das 4h de quinta-feira (30/11) às 4h de sexta-feira (01/12), período em que a meteorologia aponta temperaturas mais amenas.

Durante o serviço, a produção de água vai ficar interrompida, afetando o abastecimento para os municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, Belford Roxo e Queimados. A operação do sistema será retomada de forma gradativa logo após a conclusão da manutenção.

A manutenção é parte da preparação da Cedae para o verão e é fundamental para que o sistema esteja pronto para a época de maior demanda. 

Advertisement

Composto pela Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu e por dois subsistemas de água tratada, Marapicu e Lameirão, o sistema é responsável pelo abastecimento de mais de 10 milhões de pessoas no município do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense.
  
O serviço vai mobilizar mais de 500 profissionais, entre engenheiros, eletricistas, mecânicos e agentes de saneamento. Os técnicos farão inspeções e correções para reforçar a eficiência do sistema, como instalação de equipamentos, reparos gerais, ajustes eletromecânicos, revisão de peças e limpeza das estruturas que não podem ser acessadas durante a operação normal.

A Cedae recomenda à população que economize água para o período, adiando tarefas não essenciais que exijam grande consumo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Manutenção que deixaria Rio e Baixada Fluminense sem água é adiada novamente
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Um asurdo uma nota dessa aqui no meu bairri estamos 7 dias sem agua uma gota de agua…tem alguns lugares que estao 15 dias agua alo b.roxo precisamos de agua

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui