Marcelo Freixo promete investir na geração de emprego em Volta Redonda e região

O candidato também destacou o potencial turístico de todo o Médio Paraíba e como ele pode ajudar a alavancar o desenvolvimento da região:

Foto: Marcio Menasce_Divulgação

O candidato a governador do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSB) esteve na tarde desta terça-feira (20/9) em Volta Redonda, na região do Médio Paraíba. Freixo caminhou pela avenida Amaral Peixoto, no centro da cidade, onde conversou com apoiadores e apresentou propostas para gerar emprego pela região e a importância em reativar o setor industrial no estado.

A região é conhecida por ter um potencial industrial muito grande, mas hoje, além de problemas ambientais muito sérios, o desemprego só aumenta. A CSN, que já empregou 25 mil pessoas, hoje emprega 10 mil. O governo precisa trazer desenvolvimento e buscar as vocações de cada região para a economia. Volta Redonda é uma cidade universitária, e precisamos ser parceiros dessas universidades para identificar onde a região pode prosperar, para trazer desenvolvimento e gerar renda para a população. Nós perdemos 700 mil empregos nos últimos cinco anos no estado. Se a gente entender o que cada região tem de potente, e desenvolver as formações necessárias, a gente sai dessa crise mais rápido“, disse Marcelo Freixo.

O candidato também destacou o potencial turístico de todo o Médio Paraíba e como ele pode ajudar a alavancar o desenvolvimento da região: “Aqui tem Itatiaia, o Vale do Café, mas não tem formação qualificada para atuar com a rede hoteleira, por exemplo. Queremos trazer isso para cá. E é isso que queremos fazer em todo o Rio. Gerando formação qualificada para capacitar a população para o trabalho. Educação e emprego lado a lado.”, acrescentou Freixo.

À noite, o deputado participou de um ato organizado por apoiadores no Clube do Bocha e comentou sobre os escândalos de corrupção do atual governo: “São cinco secretários presos nesse governo. O de Saúde, de Educação, de Emprego, de Segurança Pública e o de Administração Penitenciária. Áreas importantíssimas de qualquer governo. Esses secretários foram presos no governo atual. Se a gente tem essas pastas todas em crise é porque o governo está em crise e o Rio não suporta mais um governador preso. É uma crise política que se desdobra no desemprego, na violência e na falta de saúde. É esse alerta que a gente está dando.”

Foto: Marcio Menasce_Divulgação

Por fim, Marcelo Freixo lembrou do escândalo do Ceperj, um dos maiores escândalos do atual governo, e disse confiar na vitória no segundo turno das eleições.

A gente vem enfrentando o maior crime eleitoral do Rio de Janeiro que é o escândalo do Ceperj. Dinheiro público está sendo utilizado para pagar cabos eleitorais do atual governador. São 270 ex-presidiários recebendo dinheiro na boca do caixa. Ao mesmo tempo, a gente fez uma ampla aliança, com um projeto importante, um programa de educação que vem sendo elogiado. Então conseguimos dizer no programa eleitoral quem eu sou, qual é a minha história, apresentar propostas, enfrentando as notícias falsas e mostrando quem é realmente Cláudio Castro“, finalizou.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Esses esquerdistas falam em gerar empregos como se fosse tudo por decreto, ou num passe de mágica, mas na pandemia torceram pra fechar tudo, foram a favor do “Fique em Casa, a economia a gente resolve depois”, faliram milhares de negócios, muita gente perdeu seus empregos, milhões de pessoas, agora falam na maior cara de pau que vão criar empregos, tudo com o poder mágico do Estado, que vai arrumar emprego pra todo mundo. O Estado do RJ só está em pé graças ao governo federal que tem assumido todas as dívidas não pagas, assim é mole! Quero ver quando a conta chegar. Esses camaradas são contra os clubes de tiro, que empregam milhares de pessoas. São contra os cassinos. Até na constituição do Estado do RJ conseguiram colocar a proibição de instalação de fábricas de armas e munições, ou seja, dezenas de fabricantes foram para o Sul do Brasil e centro-oeste, onde não é proibido. Vontade de cuspir nesses políticos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui