Marcha Trans e Travesti volta ao Centro do Rio depois de quase 30 anos

Ato em defesa dos direitos e visibilidade da população LGBTI+ acontece no próxima sexta-feira (25/11)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Marcha Trans e Travesti - Caio Rodrigo / Divulgação

As ruas do Centro do Rio voltarão a ser ocupadas pela Marcha Trans e Travesti após 27 anos sem a realização do evento. O tema desta edição que marca o retorno do desfile será “Transcendendo a política”. A concentração do ato, que acontece na próxima sexta-feira (25/11), começará às 14h na Candelária e, às 16h terá início a caminhada rumo à Cinelândia.

Na chegada do público, haverão apresentações culturais e falas políticas. Já na Cinelândia terão tendas fixas com parceiros da marcha.

grupo Pela Vidda RJ levará testes rápidos de HIV e distribuirá autotestes. Além de promover ações educativas sobre HIV/Aids. Já a Defensoria Pública do Estado oferecerá orientações jurídicas específicas para a população trans e fará o processo de requalificação civil gratuitamente.

O evento está sendo realizado pelo braço carioca do Fórum Nacional de Travestis e Transexuais Negros e Negras (Fonatrans RJ) e coordenado pelo ativista e consultor de Diversidade e Inclusão, Gab Van, em parceria com organizações referências do movimento, como Fonatrans nacional, Fórum TT, Casa Nem, Liga Transmasculina João W. Nery, ANTRA, entre outros.

Advertisement

Leia também

25 castelos do Rio de Janeiro que contam a História do Brasil

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

Em 1993 aconteceu a Marcha pela Diversidade Sexual, precursora das manifestações em favor das pautas da população LGBTI+ por direitos e visibilidade. Idealizada e impulsionada por mulheres trans e travestis, a passeata mudou de nome em 1994, passando a ser chamada de Marcha das Travestis.

Nessa época o termo travesti era a forma que se apresentavam aquelas que estavam politicamente organizadas dentro do movimento social. Com o passar dos anos entendeu-se que era necessário incluir outras identidades da comunidade T na luta que, apesar do não protagonismo, estavam nas ruas em resistência. Para além das travestis, entraram homens e mulheres trans, pessoas intersexos e não-binárias.

Serviço

  • Marcha Trans/Travesti Rio de Janeiro
  • Tema: Transcendendo a Política
  • Trajeto: Concentração na Candelária, subir toda Avenida Rio Branco, até a Cinelândia.
  • Horário: 14h às 20h
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Marcha Trans e Travesti volta ao Centro do Rio depois de quase 30 anos

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui