Maria Luiza Nobre: Festival Oficina da Ópera e András Schiff no Rio

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre o festival programado pelo Theatro Municipal e o recital do pianista húngaro-britânico, considerado um dos mais importantes da atualidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Theatro Municipal do Rio de Janeiro - Foto: Gui Maia

O Rio vai ser palco de três óperas, com a realização do Festival Oficina da Ópera, programado pelo Theatro Municipal do Rio de Janeiro em uma semana. São três títulos bem diferentes, três estilos também, boa oportunidade para quem aprecia o canto. Abaixo a coluna conta tudo e envia os parabéns ao Diretor Artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Eric Herrero assim como Clara Paulino, Presidente da instituição.

Ópera de Câmara O Caixeiro da Taverna de Guilherme Bernstein
Uma adaptação do texto da peça O Caixeiro da Taverna por Bernstein.

Dia 11, às 12h , dentro do projeto Municipal ao Meio- Dia
Dia 12, às 19h

Guilherme Bernstein, regente
Daniel Salgado, direção cênica
Ensemble OSTM
Elenco: Homero Velho, Carolina Morel, Adalgisa Rosa, Murilo Neves, Geilson Santos e Ludoviko Vianna

Advertisement

Opereta Radiofônica O Sonho de Edgard – A Invenção da Rádio com estria mundial de Adriano Pinheiro
O Sonho de Edgard – A Invenção do Rádio é um espetáculo no qual a vida de Edgard Roquette Pinto e o surgimento da rádio MEC no Brasil se entrelaçam.
Dentro da obra, o elenco vive o meta-teatro, rompendo a “quarta parede” e criando uma comunicação direta com o público presente, que se identifica com as reações de uma rádio ouvinte, escutando atentamente a estreia da opereta A Noiva do Condutor. A história mostra como a rádio MEC influenciou a sociedade carioca, seus costumes, tendências e modismos, disseminando conhecimento e cultura pelo Rio de Janeiro e Brasil.

Dia 13, às 12h, dentro do projeto Municipal ao Meio- Dia
Dia 14, às 19h

Priscila Bomfim, regente
Antônio Ventura, direção cênica
Ensemble OSTM
Elenco: Adriano Pinheiro, Murilo Neves, Carla Rizzi, Lara Cavalcanti, Calebe Faria, Fábio Belizallo e Rubens Camelo

Ópera Completa Pagliacci – de Ruggero Leoncavalo
Composta por dois atos, a ópera “Pagliacci”, possui libreto do próprio Leoncavallo, que se baseou em uma história real ocorrida em 1880 na Calábria, província do extremo sul da Itália. Após sua estreia em Milão em maio de 1892, “Pagliacci” continua sendo uma das óperas mais apresentadas nos palcos, sendo o maior sucesso de Leoncavallo. Apesar do nome “Pagliacci” (palhaços), a ópera possui uma essência dramática, com o uso intenso da voz humana assim como uma instrumentação trágica, como era o gosto dos compositores do Alto Romantismo.

  • Dia 15, às 19h
  • Dia 17, às 17h

Victor Hugo Toro, regente e diretor musical
Menelick de Carvalho, direção cênica
Coro e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal
Solistas: Enrique Bravo, Licio Bruno, Marianna Lima, Fernando Lorenzo, Guilherme Moreira, Calebe Faria e Gabriel Senra

Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, s/n – Centro
Tel: 2332-9191
Ingressos no local

Rádio MEC

A Rádio MEC completou 100 anos no ar, fato altamente expressivo e importante para a cultura no País. Foi a primeira emissora do Brasil, com a mais longa experiência em comunicação pública, através de sua programação, seus projetos como o Minerva, por exemplo, de literatura, de dramaturgia, entre outros títulos de destaque.
A coluna envia os parabéns ao gerente executivo das rádios, Thiago Regotto que também atuou como gerente da Rádio MEC com exito total em sua gestão.

András Schiff e o Repertório Surpresa

Uma excelente opção da temporada é o recital do pianista húngaro-britânico András Schiff, considerado um dos mais importantes pianistas da atualidade, no dia 16, sábado, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro na série de Concertos Internacionais da Dell’Arte. O que escolher entre Bach, Mendelssohn, Schumann ou Brahms?
Eis a surpresa da definição do programa, uma vez que o pianista só decide as obras que vai executar na hora da apresentação, aliás prática que o artista tem feito pelo mundo, um verdadeiro enigma de emoções. A coluna torce por Bach e Brahms, mas qualquer que seja a escolha entre o quarteto de compositores, o público estará muito bem garantido.

Dia 16, sábado, 20h
András Schiff, piano
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, s/n – Centro
Tel: 2332-9191
Ingressos no local

Música no Museu

Dia 13, quarta-feira, às 12h30
Adriana Kellner, Cecília Guimarães, Ezequiel Peres, pianos
Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Tel: 3808-2020
Entrada Franca

Dia 14, quinta-feira, às 15h
Alda Leonor, piano
Centro Cultural Justiça Federal – Teatro
Av.Rio Branco, 241 – Centro
Tel: 3261-2550
Entrada Franca

Dia 16, sábado, às 17h
Marina Spoladore, piano
Casa Museu Eva Klabin
Av. Epitácio Pessoa, 2480 – Lagoa
Tel: 3202-8550
Entrada Franca

Dia 17, domingo, às 13h
Claudio Vettori, Piano
Rodrigo Mathias, voz
Museu da República
Rua do Catete, 153 – Catete
Entrada Franca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Maria Luiza Nobre: Festival Oficina da Ópera e András Schiff no Rio
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Maria Luiza Nobre: Festival Oficina da Ópera e András Schiff no Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui