Reprodução Internet

Estive ontem no Méier conversando com um grande amigo. Fazia algumas semanas que não nos víamos e marcamos de jantar para colocar o papo em dia. Vi um bairro abandonado, muito escuro, inseguro, sem limpeza urbana e mal conservado. A Rua Dias da Cruz estava tomada de ambulantes irregulares, pedestres não conseguiam caminhar e os idosos olhavam com medo para algumas pessoas que perambulavam pela calçada sem rumo, mas com objetivo que parecia certo.

Fora a Operação Méier Presente, cujos agentes encontrei em diversos pontos, nada mais funcionava. Presenciei uma briga de moradores de rua ao lado do hospital Salgado Filho, em frente ao qual desci do ônibus para atravessar a passarela por cima da rua férrea, onde os moradores passavam atentos e guardando pertences.

Percebi ontem que o Méier é um símbolo claro da atual gestão de Marcelo Crivella. Abandono. Ao comentar sobre isso em minhas redes sociais, recebi dezenas de comentários dando conta de que a situação se repete em Santa Cruz, Campo Grande, Bangu, Madureira, Engenho de Dentro, Irajá, etc etc etc. Ou seja, o subúrbio inteiro está abandonado.

18 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia !
    Sua visão do Méier está correta , sou morador da região e sei exatamente o que você está falando !
    Mas para concluir e até talvez corrigir o que você comentou , isso vem acontecendo ao longue dos últimos 29 anos !
    Tenho 33 anos nascido e criado no engenho de dentro bairro ao lado ( grande Méier ) e desde a minha adolescência que tudo que foi descrito por você é visto na região !
    Lamentavelmente não vejo melhoras , acho que não tenho mais esperança de uma zona norte melhor !

  2. Boa noite !!! Infelizmente o cenário do Méier é esse qie vc divulgou .Não vejo exagero para sua parte não. Moro no lado do Hospital Salgado Filho , lado.mais abandonado. Jardim do.Meier, Rua Santa Fé e adjacências milhares de moradores de rua dormindo nas calçadas, brigando entre si, garotos circulando nas bicicletas assaltando moradores e depois fas 20h ruas totalmente desertas , assustadora , todos recolhidos em suas residências devido o perigo.No lado da Rua Diaa da Cruz é um pouco melhor devido o apoio que os moradores tem do Meier Presente .Enfim infelizmente o Meier um bairro excelente e está se acabando aos poucos .

  3. Não acho que o Crivela esteja sendo um bom prefeito. Mas dizer que o problema é a gestão dele foi infeliz. Isso já vem de gestões anteriores, só para informação.

  4. Não sei quando esteve no bairro, mas já um bom tempo que a guarda municipal vem atuando contra os camelôs e melhorou muito, a situação estava caótica, agora eles só podem montar barracas após as 18hs e mesmo assim são poucos. O Méier presente faz um trabalho excelente e já temos visto um bom patrulhamento da polícia militar, mas a sujeira urbana realmente é um problema, mas o povo não ajuda. Ainda precisa de algumas melhorias, mas aos poucos elas estão sendo feitas, mas o que acho que mais precisa é melhoria das calçadas e asfalto, além de apoio aos moradores de rua.

    • Nossa que bom que as coisas melhoraram .. me mudei de cidade há dois meses e até meados de maio era tanto camelô no início da dias da Cruz que achei q a errada era eu de querer andar na calçada…

  5. Sério? Vc veio no Méier mesmo ??? Como todos os bairros, o Méier tem seus problemas, principalmente de violência, mas relatar como um lugar abandonado, escuro, sem limpeza…Achei bem exagerado. Sou moradora do local há anos e não vi nada do que relatou. Pelo menos aqui na Dias da Cruz.

  6. NÃO É O MEIER NEM A ZONA NORTE.O RIO DE JANEIRO ESTÁ ABANDONADO.O PREFEITO CRIVELLA AINDA ESTÁ PENSANDO EM SE REELEGER.O PIOR PREFEITO QUE O RIO JÁ TEVE.TRISTE…

  7. Em cosmos, Campo Grande é a mesma coisa. E ando bastante pelos bairros adjacentes, estão sem limpeza sem segurança, abandonados mesmo. Em uma rua de Nova conquista tem três postes caindo, em uma rua só mas a Light nao vem corrigir, em outra o asfalto está afundando. Descaso total. Quando uma tragédia acontecer aí virão fazer algo.

    • NÃO É O MEIER NEM A ZONA NORTE.O RIO DE JANEIRO ESTÁ ABANDONADO.O PREFEITO CRIVELLA AINDA ESTÁ PENSANDO EM SE REELEGER.O PIOR PREFEITO QUE O RIO JÁ TEVE.TRISTE…

  8. Resido na Arquias Cordeiro, Méier, há 20 anos, está um perigo! Assaltos diariamente, polícia perseguindo bandidos, tiroteios constantes! Já saímos de casa sem saber se voltamos! Policiamento desse lado, difícil! Os bandidos fazem o que querem!

  9. Boa tarde!!
    Sou morador do Méier e gostaria de alertar a “covardia” da Guarda Municipal…sem nenhuma estratégia de informação rebocam carros que não ameaçam o trânsito nem a passagem de pedestres. É uma turma que fica rodando pelas ruas sem movimento, ruas tranquila em relação ao trânsito para utilizar de tal ato. Enquanto isso na Dias da Cruz e adjacências “salve ” se quem puder.

  10. Fala que o Méier está abandonado é muito leviano. Não é verdade. Tem seus problemas, lógico. Mas o que vc descreveu não condiz com a realidade de nós moradores.

    • É bem pior do que ele comentou. A cidade toda está abandonada. Até a Barra da Tijuca está com as ruas esburacadas. O Grajaú, onde morava o Governador, está sujo, cheios de moradores de rua, camelôs e uma desordem urbana completa. A Tijuca está tomada de camelôs e trombadinhas. Mas se bobear, o Sr. Crivella será reeleito.

  11. É lamentável a situação em que o Rio se encontra. Uma cidade que foi sempre vibrante, cheia de vida, agora agoniza com o abandono da prefeitura e da própria população. Precisamos mudar esse quadro, afinal o Rio é a porta de entrada do país!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui