Mês de janeiro bate recorde pluviométrico histórico na cidade do Rio

Média histórica para janeiro é de 161,1mm. Mas em 2024, a média pluviométrica mais que dobrou, acumulando 348,9mm

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Chuva na Baixada Fluminense / Instagram: Prefeitura do Rio

Desde 1997, quando começou a medição feita pelo Sistema Alerta Rio, o Grande Rio não havia registrado um mês de janeiro tão chuvoso, destrutivo e mortal.

A média histórica para janeiro é de 161,1mm. Mas em 2024, a média pluviométrica mais que dobrou, acumulando 348,9mm. Em 2013, foi de 346,8mm, a maior marca registrada no Rio, desde que começou a medição.

O índice pluviométrico de janeiro foi ainda o terceiro maior contabilizado entre todos os meses do ano dentro da série histórica.  Janeiro de 2024 só perde para dezembro de 2009, que registrou 359,7mm; e abril de 2010, que computou 350,7mm.

O Alerta Rio, órgão atrelado à Prefeitura do Rio, verificou que, dos 31 dias de janeiro, 19 foram de chuva.

Advertisement

Somente a estação pluviométrica de Anchieta, na Zona Norte da cidade, contabilizou 612,8mm de chuva, em janeiro – 220% acima da média volumétrica cuja marca é de 190,6mm. Desde o início da série histórica, foi o segundo maior acumulado mensal, perdendo apenas para o Sumaré, em 2010, que performou 628,4mm.

Raquel Franco, meteorologista-chefe do Alerta Rio, aponta alguns fatores para o volume pluviométrico atípico de janeiro deste ano:

“Anomalias positivas da temperatura da superfície do mar no Oceano Atlântico Sul favoreceram a formação e atuação de sistemas de baixa pressão sobre o oceano, próximo ao estado do Rio de Janeiro”, explicou ela ao jornal O Globo, acrescentando que “a tendência é de que fevereiro seja mais um mês com temperaturas acima da média, por conta da continuidade da fase positiva do ENOS (El Niño)”.

Abaixo, o ranking do mês de janeiro mais chuvoso:

Janeiro/2024: 348,9mm;

Janeiro/2013: 346,8mm;

Janeiro/2003: 329,0mm;

Janeiro/1998: 242,4mm;

Janeiro/2018: 236,8mm.

Maiores acumulados por estação:

Anchieta: 612,8mm – 220% acima da média (190,6mm);

Alto da Boa Vista: 525,6mm – 129% acima da média (229,5mm);

Irajá: 504,6mm – 196% acima da média (170,7mm);

Av. Brasil/Mendanha: 478,6mm – 154% acima da média (188,7mm);

Rocinha: 444,8mm – 165% acima da média (168,1mm).

A previsão para esta sexta-feira (2) é de tempo instável na capital fluminense, com a ocorrência de pancadas de chuva moderada a forte ao longo do dia. Há ainda previsão je ocorrência de raios e rajadas de vento moderado a forte (até 76 km/h).

O final de semana será de chuva fraca e isolada à noite.

Informações: G1

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Mês de janeiro bate recorde pluviométrico histórico na cidade do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui