Ministro da Justiça garante que assassinato de Marielle Franco será solucionado em breve

Apesar da promessa, Flávio Dino ressaltou que não poderia cravar ''data e hora'' da resolução do crime

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Flávio Dino - Foto: Reprodução

Futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou, nesta quinta-feira (21), que o assassinato da ex-vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco será definitivamente solucionado em breve.

Marielle foi morta com quatro tiros na noite do dia 14 de março de 2018, no Estácio, bairro da região central do Rio, após deixar um evento na Lapa. O motorista Anderson Gomes, que dirigia o carro em que a parlamentar estava, também foi alvejado e faleceu.

A declaração de Dino aconteceu durante evento no Ministério da Justiça para assinatura de medidas de segurança pública e balanço do ano de 2023, e foi direcionada ao diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, e à ministra das Mulheres, Cida Gonçalves.

”Eu, no dia 2 de janeiro, disse que nós iríamos, ministra Cida, elucidar definitivamente o caso Marielle Franco. E, hoje, alguém pergunta: ‘Bom, decorrido um ano… As investigações avançaram. É claro que eu não controlo o inquérito, não tenho a honra de ser policial. Mas, o dr. Andrei está aqui. Eu quero reiterar e cravar, não tenham dúvida: o caso Marielle em breve será integralmente elucidado”, garantiu o ministro.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Vale ressaltar que, apesar da promessa, Dino disse que não poderia cravar ”data e hora” da resolução do crime e, questionado, não quis detalhar de maneira mais concreta a investigação.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Ministro da Justiça garante que assassinato de Marielle Franco será solucionado em breve

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Como que o sujeito que foi indicado e teve a indicação aprovada em sabatina no Senado permanece como Ministro da Justiça, ficando até assumir o cargo de Ministro do STF???
    Tudo umo claro conflito.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui