Molon com a 2ª campanha mais rica ao Senado – Bastidores do Rio

Molon só perde para Romário em receita na candidatura ao Senado no Rio, candidatos com ciúme do apoio de Talitha a Eduardo Cavaliere

Quintino Gomes Freire| Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Jovem Pan in Rio
Recém-lançado, o Conserva Rio, conseguiu casa cheia no Clube Militar na noite da última terça-feira. Os comentaristas da Jovem Pan Roberto Motta e Marcelo Rocha Monteiro abrilhantaram com o debate sobre Ativismo Judicial, segundo evento do instituto.

Liga Pazu-Silveira
Preferidos dos bolsonaristas do Rio, General Pazuello e Daniel Silveira endossaram a plateia e fizeram questão de se abraçar ao término da palestra.

Mas bem…
Daniel Silveira é pule de 10 para ser impugnado no TSE, mas ainda assim não desiste de sua candidatura. Ou você acha que o ministro Alexandre Moraes vai liberar sua candidatura?

Além Ponte Conservadora
O deputado estadual Coronel Salema e a mulher mais votada da Direita em Niterói Fernanda Louback também estiveram presentes.

Ciumeira em Jacarepaguá
Agenda da Talita Galhardo, subprefeita de Jacarepaguá, com o candidato a deputado estadual, Eduardo Cavaliere, gerou uma ciumeira entre os adversários dele no PSD.

Que coisa
Tem gente na Polícia Civil que ainda vai votar em Allan Turnovsky mesmo com ele preso… gente… bem, nos dias de hoje isso é o de menos.

Cheio da Grana
De patinho feio e sem grana, Alessandro Molon é hoje a segunda campanha ao Senado mais rica do Rio, com 3,8 milhões, só perde para o Romário, com 5 milhões.

Devolve Molon
Molon fez uma campanha de arrecadação porque não receberia fundo partidário do PSB. Mas agora que recebeu 2,6 milhões, será que vai devolver a grana das doações?

Devolve Molon II
Entre os principais doadores, representantes dos trabalhadores como os irmãos Moreira Salles, sócios do Itaú, o banqueiro Armínio Fraga, o cantor Caetano Veloso, a empresária Paula Lavigne e o publicitário Nizan Guanaes

Ou
Ou poderia ajudar os candidatos a deputado federal de seu partido que estão passando penúria e pode deixar o PSB sem nenhum federal eleito no Rio.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Molon vai ficar fora da vida pública uns dois anos, igual ao Freixo. Vão poder jogar cartas por um bom tempo, de pantufas em casa. Ceciliano também, junto com o Loola. Já fecham duas duplas de buraco. Loola vai querer jogar “rouba-monte”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui