Monumento de São Pedro do Mar está de volta à Urca

A escultura de São Pedro do Mar havia sido derrubada pela força da ressaca que atingiu as praias do Rio de Janeiro, em agosto de 2022, e resgatada com a ajuda do Corpo de Bombeiros

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Pedro Dias/Seconserva

A imagem de São Pedro do Mar está de volta à paisagem carioca. Nesta quinta-feira (22/06), a Secretaria Municipal de Conservação, por meio da Gerência de Monumentos e Chafarizes, devolveu o monumento ao trecho da Baía de Guanabara em frente à Avenida Portugal, na Urca. Instalada em uma pedra no meio das águas, a peça precisou de um esquema especial para ser recolocada, levando em conta as condições do tempo e do mar. A ação teve o apoio do Iate Clube do Rio de Janeiro e foi executada em dois dias – no primeiro, foi demolida a base antiga e feita outra fundação. No segundo dia, foi instalada a imagem, em um processo que durou cerca de cinco horas.

A escultura de São Pedro do Mar havia sido derrubada pela força da ressaca que atingiu as praias do Rio de Janeiro, em agosto de 2022, e resgatada com a ajuda do Corpo de Bombeiros. Foram seis meses de restauro, sob a supervisão do artista plástico e saxofonista Edgard Duvivier, filho do responsável pela obra, o escultor Edgard Duvivier (1916-2001). Os serviços incluíram a decapagem da escultura, feita em bronze, e reparos das partes danificadas executados em uma fundição.

Antes que a peça fosse recolocada, a Gerência de Monumentos e Chafarizes contou com o auxílio de técnicos da Prefeitura do Rio especializados em estrutura, que fizeram vistoria na pedra que serve de base para São Pedro do Mar. A fim de garantir a melhor fixação do monumento, a escultura de São Pedro do Mar deixou de ser firmada por parafusos e recebeu uma estrutura interna que fica presa à pedra e concretada.

Sobre a escultura de São Pedro do Mar

Advertisement

A peça, inaugurada em 1959, é do escultor Edgar Duvivier (1916-2001), pai do artista plástico e saxofonista Edgar Duvivier e avô do ator e escritor Gregório Duvivier. Inicialmente, a escultura ficaria no fundo do mar, perto das Ilhas Cagarras, mas foi instalada na Urca a pedido da igreja e de um grupo de pescadores – nada mais justo, já que São Pedro, considerado pelos católicos o guardião do Reino dos Céus, também é padroeiro dos pescadores.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Monumento de São Pedro do Mar está de volta à Urca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui