Moradores da Gardênia Azul se emocionam em visita a São Januário

Visitação foi realizada através do projeto Turistando com a Comunidade, desenvolvido pela Secretaria de Ação Comunitária, órgão ligado à Prefeitura

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Moradores da Gardênia Azul em São Januário - Divulgação

O projeto Turistando com a Comunidade, desenvolvido pela Secretaria de Ação Comunitária, órgão atrelado à Prefeitura do Rio, realizou o sonho de moradores da Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, de conhecer o Complexo Esportivo do Vasco da Gama, conhecido como São Januário, em São Cristóvão, na Zona Norte da cidade. O passeio aconteceu nesta sexta-feira (7) e contou ainda com o Tour da Colina, visita guiada, realizada desde 2018, que apresenta a história do clube aos visitantes.

“Nosso objetivo é proporcionar a moradores de favelas e comunidades o acesso aos bens culturais e de lazer da nossa cidade, promovendo dignidade, autoestima e senso de pertencimento”, disse Marlí Peçanha, secretária de Ação Comunitária.

Ao chegarem ao complexo esportivo, os integrantes do grupo conheceram o Busto do Almirante, o qual fotografaram emocionados depois de ouvirem os relatos do guia de turismo. Os visitantes também percorreram as instalações da Tribuna de Honra, da quadra de basquete, da sala de imprensa, além do vestiário. O momento mais emocionante foi o acesso ao campo, onde conheceram a estátua de Roberto Dinamite, o maior ídolo do clube entre as décadas de 1970 e 1990, quando encerrou a carreira no cruzmaltino.

Advertisement

Com apenas 12 anos, Bernardo Rodrigues, um dos participantes do projeto, fez o seu primeiro passeio no local, ficando encantado com a rica história do Vasco da Gama.

“O que eu mais gostei foi do campo e dos troféus. Eu não imaginava que o Vasco tinha todos esses troféus, de variados tipos e até um do meu tamanho!”, confidenciou o menino.

Também pela primeira vez, em São Januário, a cozinheira Tiele Lima, confessou a incondicionalidade do seu amor pelo clube por conta da sua história e atletas.

“O que eu sinto pelo Vasco é um amor incondicional. Estar aqui é uma experiência única. Sinto isso pela história do clube, pela grandiosidade que ele traz para o futebol. Foi muito especial o momento em que eu beijei o gramado. Me arrepiei e as lágrimas desceram. Agradeço muito ao Turistando por me proporcionar esse momento. Esse projeto é muito importante para as comunidades. Muitos moradores de favelas não têm condições de gastar com lazer. Ficamos muito felizes!”, celebrou Tiele.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Moradores da Gardênia Azul se emocionam em visita a São Januário
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui