Morre MC Katia; velório será nesta segunda, no Caju

Kátia morreu no Hospital Municipal Souza Aguiar, onde se internou para a retirada de um mioma no útero. Ela sofreu complicações como trombose, amputação da perna e teve pneumonia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reproduçao/Redes Sociais

Morreu neste domingo (13/08) Katia Marques, de 47 anos, a MC Katia – uma das pioneiras do funk carioca. Ela morreu no Hospital Municipal Souza Aguiar, onde se internou para a retirada de um mioma no útero. Após a cirurgia, ela sofreu complicações como trombose, amputação da perna e, nos últimos dias, teve pneumonia. Familiares da artista informaram que velório e sepultamento acontecem nesta segunda-feira (14/08), no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, na Zona Norte. O velório tem início às 10h e o enterro está previsto para 15h45.

Katia deixa uma filha, dois netos e um marido, o DJ e produtor Leonardo – que trabalhava com ela.

MC Kátia começou a fazer sucesso nos anos 2000 com a música “Ata vai me pegar”. Antes de se brilhar nos palcos, Katia trabalhava como auxiliar de serviços gerais, mas se tornou referência no funk carioca.

Em em 2008, emplacou “Cabela pra baixo”, mas, na mesma época, sofreu um acidente e precisou ficar longe dos palcos. Em 2020, fez participação no clipe da música “Rainha da Favela”, de Ludmilla, que prestava homenagem às mulheres funkeiras.

Advertisement

Em 2022, Katia contou nas suas redes sociais que havia descoberto um tumor benigno no útero, e que faria uma cirurgia para retirada do mioma e do ovário. Ela explicou também que desenvolveu outros problemas por conta disso, como falência dos rins.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Morre MC Katia; velório será nesta segunda, no Caju
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui