Morre no Rio José Murilo de Carvalho, historiador e membro da ABL

Considerado um dos maiores historiadores e intelectuais brasileiros, José Murilo era bacharel em sociologia e política pela UFMG e mestre em ciência política pela Universidade de Stanford, na Califórnia

Foto: Divulgação/ABL

Na madrugada deste domingo (13/08), morreu no Rio o historiador e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), José Murilo de Carvalho. Ele tinha 83 anos e estava internado no Hospital Samaritano com Covid. Considerado um dos maiores historiadores e intelectuais brasileiros, José Murilo era mineiro, bacharel em sociologia e política pela UFMG e mestre em ciência política pela Universidade de Stanford, na Califórnia, onde defendeu tese sobre o Império Brasileiro.

José Murilo foi professor e pesquisador visitante nas universidades de Oxford, Leiden, Stanford, Irvine, Londres, Notre Dame, no Instituto de Estudos Avançados de Princeton, e na Fundação Ortega y Gasset em Madrid. Foi também professor emérito da UFRJ e pesquisador emérito do CNPq. Eleito para a ABL em 2004, ocupava a cadeira nº 5. Fazia parte também da Academia Brasileira de Ciências. Escreveu 19 livros, entre eles “A Formação das Almas”, “A cidadania no Brasil”, e “Os bestializados”.

O velório será às 9h desta segunda-feira (14/08) na ABL, no Centro do Rio. Em seguida, às 13h, o corpo do historiador será enterrado no mausoléu da ABL, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui